Maconha com adesivos de Pablo Escobar é apreendida flutuando no Rio Paraná

Ampliação feita pelo H2FOZ, com base em fotografia da Polícia Nacional do Paraguai, mostra o adesivo com o rosto de Pablo Escobar.

Localização ocorreu na fronteira entre Paraguai e Argentina, após provável naufrágio de canoa.

Agentes da Polícia Nacional e militares da Marinha do Paraguai recolheram, na manhã de quarta-feira (4), cerca de 350 quilos de maconha que flutuavam nas águas do Rio Paraná. O achado ocorreu no limite entre Encarnación e Posadas (Argentina). Alguns dos pacotes traziam adesivos com o rosto do traficante Pablo Escobar.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Em declarações ao jornal La Nación, o promotor Enrique Díaz, representante do Ministério Público do Paraguai, disse crer que a droga estava sendo transportada em uma canoa até o lado argentino. Como as condições meteorológicas eram desfavoráveis, é provável que a embarcação tenha virado e esparramado a carga na correnteza.

“Essa é a forma como as organizações criminosas operam, mesmo quando as condições climáticas são adversas. Essa pequena embarcação deve ter tido um problema, motivo pelo qual a droga veio parar perto da margem”, avaliou Díaz.

Outra curiosidade do procedimento, que não teve nenhum preso, é que vários dos pacotes de maconha traziam adesivos com o rosto do traficante colombiano Pablo Escobar Gaviria. O “rótulo”, que já apareceu em outras apreensões na fronteira, serviria para identificar a propriedade da droga.

Em 2020, autoridades policiais da Argentina deflagraram a Operação Bruxas Verdes, que teve como alvo uma quadrilha que traficava maconha paraguaia para Buenos Aires, tendo o Rio Paraná como rota de entrada. O grupo era conhecido, justamente, por homenagear Pablo Escobar em seus “rótulos”.

Neymar

No início de abril, o H2FOZ noticiou que agentes da Polícia Nacional do Paraguai apreenderam, em Hernandarias, um caminhão que transportava 800 quilos de maconha em direção ao Brasil. A droga estava oculta nos 22 pneus do veículo de grande porte, que era tripulado por dois homens de nacionalidade paraguaia.

Um dos detalhes que mais chamaram a atenção é que a embalagem da droga estava rotulada com a foto do jogador brasileiro Neymar, além de folhas de Cannabis sativa e do número 420. A marcação é alusiva ao 20 de abril, considerado o “Dia Internacional da Maconha” (clique aqui para ver as imagens).

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Guilherme Wojciechowski - H2FOZ

Guilherme Wojciechowski é repórter colaborador do H2FOZ. E-mail: [email protected] - Veja mais mais conteúdo do autor.