Moradores agridem três agentes municipais de trânsito, no microcentro de Ciudad del Este

Olha a coincidência! No mesmo dia em que um jornal paraguaio – o La Nación – publica matéria sobre um agente da patrulha rodoviária filmado ao contar dinheiro de propina, outro jornal – o Última Hora – noticia que agentes municipais de trânsito foram agredidos em Ciudad del Este.

Diretamente, um caso não tem a ver com o outro. Mas há uma implicação indireta: a população paraguaia está cansada de ser alvo de pedidos de “coima” por agentes de trânsito. E assim, mesmo quando eles fazem o trabalho correto – o que deve ser o caso dos agentes de Ciudad del Este -, pagam pelos erros cometidos por colegas que atuam no setor.

A agressão ocorreu no microcentro de Ciudad del Este, às 8h de ontem, quarta-feira, 23. Foram vítimas os agentes da Polícia Municipal de Trânsito Édgar Daniel Orzuza, Roque Benítez Giménez e Lucas Pereira

Segundo os agentes contaram na delegacia, onde fizeram a denúncia contra os agressores, eles estavam fazendo o ordenamento do trânsito, quando decidiram multar um veículo parado em local proibido.

Quando o dono do carro percebeu, foi para cima dos agentes. E contou com apoio de transeuntes, a maioria trabalhadores que atuam nas vias públicas. O suposto proprietário rasgou a multa, enquanto os agentes foram procurar ajuda.

Veja a matéria do patrulheiro contando propina:

Inspetor da patrulha rodoviária do Paraguai é filmado quando contava dinheiro de propina

Veja o vídeo das agressões aos agentes de Ciudad del Este, publicado na edição on line do jornal Última Hora:

 

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.