Paraguai inicia obras da futura aduana da Ponte da Integração

Cabeceira da Ponte da Integração Brasil-Paraguai, em março de 2022. Imagem: DER/PR.

Já está em andamento a construção do Centro de Fronteira, complexo aduaneiro nas proximidades da cabeceira paraguaia da Ponte da Integração, em Presidente Franco. O ato oficial, que teve a presença do vice-ministro de Obras Públicas do Paraguai, Rodolfo Segovia, foi celebrado na última sexta-feira (1º).

O espaço, cuja primeira etapa deve ficar pronta, juntamente com a ponte, no último trimestre do ano, terá capacidade para receber até 1,5 mil caminhões, redirecionando o fluxo que hoje passa pela Ponte Internacional da Amizade e ampliando a capacidade de fiscalização na fronteira com Foz do Iguaçu.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

A estrutura é financiada com recursos do governo paraguaio, como parte das obras complementares que formam o Corredor Metropolitano do Leste (CME, na sigla em espanhol). O CME inclui um contorno rodoviário em Ciudad del Este e municípios vizinhos, além de pontes sobre os rios Monday e Acaray.

A licitação para o Centro de Fronteira e parte dos acessos à ponte foi feita pelo governo paraguaio em dezembro de 2021, com a participação de nove consórcios e empresas. O investimento máximo previsto é de G$ 57,2 bilhões (R$ 38,3 milhões).

Vista parcial do projeto do Centro de Fronteira e acessos à ponte. Imagem: ANNP.

Um dos objetivos com o novo complexo é agilizar o trabalho dos órgãos responsáveis pelo controle da fronteira, como a Direção Nacional de Aduanas (DNA), Vigilância Sanitária (Senave), Administração de Portos (ANNP) e Direção Nacional de Migrações (DNM). Atualmente, caminhoneiros queixam-se de demoras excessivas para a travessia.

Uma vez aberta ao tráfego, a Ponte da Integração Brasil–Paraguai concentrará todo o trânsito regional de cargas entre os dois países, enquanto a Ponte da Amizade será exclusiva para a passagem de moradores e turistas. O cronograma de construção da via fronteiriça, conforme o último dado disponível, está em 80%.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Guilherme Wojciechowski - H2FOZ

Guilherme Wojciechowski é repórter colaborador do H2FOZ. E-mail: [email protected] - Veja mais mais conteúdo do autor.