Província da Argentina oferece apoio ao Rio Grande do Sul

Governador de Misiones, Hugo Passalacqua, entrou em contato com o colega do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.

Apoie! Siga-nos no Google News

Localizada na fronteira com o Brasil e o Paraguai, a província argentina de Misiones, onde fica a cidade de Puerto Iguazú, ofereceu ajuda ao governo do Rio Grande do Sul no apoio aos municípios afetados pela chuva, que já provocou 56 mortes.

Leia também:
Itaipu envia ajuda a atingidos pelas cheias no Rio Grande do Sul

Nas redes sociais, Hugo Passalacqua, governador de Misiones, explicou que, apesar de a província também estar sofrendo com os efeitos da chuva, há condições para apoiar os vizinhos brasileiros.

“Enquanto controlamos, com o esforço de todos, a situação na província, assumimos o compromisso de ajudar nossos irmãos riograndenses em meio à catástrofe humanitária sem precedentes pela qual estão passando”, escreveu Passalacqua em sua conta no X (antigo Twitter).

O governador entrou em contato, por telefone, com o colega brasileiro, Eduardo Leite, com quem esteve recentemente. “Ele agradeceu pela disposição de Misiones e continuaremos em contato para coordenar as tarefas necessárias”, afirmou o argentino.

Um dos focos de preocupação, neste sábado (4), é a bacia do Rio Uruguai, que forma a divisa entre Rio Grande do Sul e Santa Catarina e marca a fronteira entre Brasil e Argentina.

Moradores de municípios gaúchos e de Misiones, vizinhos ao Rio Uruguai, receberam ordem de evacuação das áreas mais baixas ou suscetíveis a enchentes e deslizamentos. Os serviços de balsa entre cidades brasileiras e argentinas foi suspenso.

Paraguai

Já o Ministério das Relações Exteriores publicou, em suas páginas oficiais, manifestação de solidariedade ao governo do Brasil e ao Rio Grande do Sul “pelas perdas humanas e materiais causadas pelas inundações”.

Localidades do Sul do país, situadas na rota dos temporais que atingiram Misiones e o Rio Grande do Sul, também vêm enfrentando problemas de inundações, embora não nas mesmas proporções.

LEIA TAMBÉM
1 comentário
  1. Angela Diz

    Parabéns pelas notícias H2 Foz

Comentários estão fechados.