RF tira de circulação R$ 1,1 milhão em mercadorias e cigarros eletrônicos em 4 ônibus

Mercadorias não tinham comprovação da importação regular - Foto: Divulgação
Siga a gente no

Três coletivos foram parados na BR-277 e tinham São Paulo como destino da viagem.

Servidores públicos da Receita Federal do Brasil (RFB) tiraram de circulação cerca de R$ 1,1 milhão em mercadorias irregulares e cigarros eletrônicos que estavam sendo transportados em quatro ônibus nas estradas da região. Segundo o órgão, não havia documentos para comprovar a regularidade da importação, e os cigarros não atendem às normas dos órgãos sanitários brasileiros.

Na tarde dessa terça-feira, 14, foram retidos três ônibus: dois deles abordados na BR-277, perto da cidade de São Miguel do Iguaçu (PR), e um no posto da Polícia Rodoviária Federal em Santa Terezinha de Itaipu, também na rodovia que conecta a Foz do Iguaçu. Todas as lotações tinham como destino o estado de São Paulo.

“Eram transportadas mercadorias diversas, que não apresentavam documentos que comprovassem a regularidade fiscal das mesmas, tais como notas fiscais”, informou a assessoria da RFB. Os produtos importados considerados irregulares encontrados nos três coletivos foram estimados em R$ 860 mil.

O quarto ônibus continha uma carga de cigarros eletrônicos avaliada em R$ 240 mil, segundo a Receita Federal, tendo sido interceptado em Agro Cafeeira, distrito de Matelândia. “Os cigarros eletrônicos foram apreendidos, pois são produtos que não correspondem às regulamentações da Anvisa, tendo assim sua comercialização e distribuição proibidas no Brasil”, registrou a RF.

As mercadorias, cigarros eletrônicos e veículos retidos foram encaminhados à sede da Receita Federal em Foz do Iguaçu. Não houve prisão, mas serão feitas representações fiscais ao Ministério Público para a apuração, detalhou a RFB. A ação integrou o Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), de segurança e de fiscalização nas regiões fronteiriças.

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

-->