Segunda ponte chega a 12 pares de estais no lado brasileiro e 82% de execução

Obras da Ponte da Integração avançam nas duas margens - Supervisão de Obras/Consórcio Brasil-Paraguai

Canteiro de obras concentra trabalho nas lajes pré-moldadas no vão-livre da estrutura e concretagem de interligaçã; veja o novo boletim.

A Ponte Internacional da Integração Brasil-Paraguai, que liga Foz do Iguaçu a Presidente Franco, atingiu em abril 82% de sua execução, segundo boletim mensal que acaba de ser divulgado pelo consórcio responsável pela obra. Na margem brasileira, já são 12 pares de estais instalados.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Leia também: Grandes obras. Foz do Iguaçu é destaque na edificação de pontes

No canteiro de obras nas duas margens, o trabalho é concentrado na pré-montagem das aduelas metálicas, execução dos guarda-rodas e das bases do futuro guarda-corpo. A estrutura está prevista para ser concluída no segundo semestre deste ano.

A segunda ponte internacional entre Brasil e Paraguai na fronteira é do tipo estaiada, suspensa por cabos, e o vão-livre de 470 metros é o maior da América Latina. A via terá 760 metros de comprimento e deverá custar R$ 323 milhões.

Imagem feita do alto mostra detalhe do empreendimento binacional – Supervisão de Obras/Consórcio Brasil-Paraguai

Os recursos são da Itaipu Binacional, e a decisão de construir a Ponte da Integração foi tomada pelos governos federais do Brasil e Paraguai, sob o gerenciamento do Governo do Paraná, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER). A supervisão das obras do empreendimento é do Consórcio Ponte Brasil-Paraguai (Única/MPB/RMG), e a construção é feita pelo Consórcio Ponte Foz (Construbase, Cidade e Paulitec).

Concluída, a ponte irá contribuir para a mobilidade e a logística, beneficiando os setores de transporte, comércio internacional e turismo. Isso porque irá desafogar o tráfego de caminhões pesados da Ponte Internacional da Amizade e do centro de Foz do Iguaçu, devido à obra complementar da Perimetral Leste.

Perimetral

O boletim de abril do consórcio construtor informa que as obras da perimetral intensificam o trabalho no viaduto da General Meira, onde foram executadas quatro “etapas de concretagem da parede oeste e três da parede leste”. A intervenção prevê cinco etapas de concretagem.

“Entretanto, a viga interligando os pilares 2, 3 e 4 não avançou com suas atividades no período de medição”, complementa o informe. No viaduto da Ponte Tancredo Neves, seguiu a montagem das formas do guarda-rodas sobre o tabuleiro e, no da Rodovia das Cataratas (BR-469), ocorreu a concretagem em um dos eixos e a montagem de armação do segundo eixo.

Clique aqui e acesse o boletim.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.