Tocha da Paz parte da fronteira em direção ao Vaticano

Iniciativa é promovida por um casal da Argentina, que pretende difundir mensagem de harmonia, união, paz e esperança.

Apoie! Siga-nos no Google News

A cidade argentina de Puerto Iguazú foi o ponto de partida, na manhã dessa terça-feira (30), para o trajeto da Tocha da Paz, que percorrerá cidades de diversas províncias argentinas, antes de seguir por via aérea para o Vaticano.

Leia também:
Foz do Iguaçu e a paz sem fronteiras – Editorial H2FOZ

A iniciativa é impulsionada pelo casal María Inés Giuliano e Fabián Alejandro Lucena, com o objetivo de difundir mensagem de harmonia, união, paz e esperança. Já a tocha foi fabricada por detentos de uma penitenciária da província de Tucumán.

Mascote de Puerto Iguazú acompanhou o ato inaugural da marcha. Foto: Gentileza/Prefeitura de Puerto Iguazú
Mascote de Puerto Iguazú acompanhou o ato inaugural da marcha. Foto: Gentileza/Prefeitura de Puerto Iguazú

A primeira etapa inclui um trajeto de cerca de 330 quilômetros entre Puerto Iguazú e Posadas, capital da província de Misiones. A ideia é convidar os moradores das cidades pelo caminho para que façam um revezamento para a condução do artefato em suas localidades.



A estimativa do casal, que pretende fazer a maior parte do caminho correndo, é concluir o roteiro pela Argentina no mês de novembro.

Na sequência, a tocha será levada ao papa Francisco para uma bênção simbólica no Vaticano. “Queremos unir todos nesse pedido de paz, algo tão necessário no tempo atual”, afirmou Lucena, em declarações reproduzidas pelo jornal El Territorio.

LEIA TAMBÉM