A cultura dos cassinos nos países latino-americanos

A indústria de cassinos faz parte da cultura dos países latino-americanos há séculos e, graças à sua rápida adaptação aos avanços da tecnologia, espera-se que apenas a indústria de cassinos online atinja um valor de mercado de mais de 102 bilhões de dólares em 2025. Vale ressaltar que os países da América Latina contribuem de forma importante para o avanço contínuo desta indústria, e que as regiões nas quais o espanhol e o português se misturam no diálogo quotidiano, ajudam a enriquecer a cultura do entretenimento todos os dias.

 

Uma herança cultural ibérica

Desde há séculos, os jogos de cassino tem estado presentes na cultura da península ibérica, e um exemplo disso é que o romance de Miguel de Cervantes publicado em 1613, Rinconete y Cortadillo, já falava da popularidade do jogo de veintiuna (antecessor do atual blackjack) nas ruas da cidade espanhola de Sevilha. Além disso, loterias, apostas esportivas e jogos de azar continuam fazendo parte da cultura popular da Espanha e de Portugal apesar da passagem do tempo.

Com a chegada dos espanhóis e portugueses ao novo continente, aspectos como idioma, tradições e cultura influenciaram fortemente os países que hoje compõem a América Latina. Da mesma forma, a indústria do entretenimento neste continente se desenvolveu ao longo do tempo, desde a chamada época de glória com a abertura de cassinos luxuosos em países como Brasil e México no início do século XX, até o nascimento de vários cassinos online que oferecem entretenimento para o mercado latino-americano na atualidade.

 

 Os cassinos e a indústria do entretenimento na atualidade

A indústria conhecida como iGaming se refere ao ramo do entretenimento que inclui os cassinos que operam através da Internet, os quais adaptam seu conteúdo para oferecer jogos e experiências de entretenimento focadas nos usuários dos países em que oferecem seus serviços. Atualmente, esta oferta de casinos online têm crescido consideravelmente, e jogos como o blackjack, a roleta e os jackpots tem muita popularidade em plataformas como Royal Panda com seus caça-níqueis progressivos Mega Moolah, Arabian Nights e Treasure Nile.

Um ponto importante a considerar é que esta raiz cultural e evolução tecnológica que os cassinos tiveram nos países de do antigamente chamado novo mundo, se deve em grande parte a fatores como fiabilidade, segurança, e  à variedade de conteúdos em português e em espanhol.

Da mesma forma, a maneira como essas plataformas integram elementos da cultura popular atual em seus jogos, tornou-se outro fator de crescimento do setor nesta região. Por exemplo, é comum encontrar sons de ritmos musicais urbanos, celebrações como o carnaval e até mesmo referências à gastronomia que tão claramente distingue os vários países que compõem a América Latina dentro dos jogos que vamos encontrar nos casinos online na atualidade.

Lugares como Foz do Iguaçu tornaram-se pontos de encontro das culturas que convivem neste continente, incorporando vários aspectos de cada uma delas, como as línguas e o famoso portuñol, no entretenimento e na cultura além dos cassinos. Graças à evolução da tecnologia, é cada vez mais fácil interagir entre os latino-americanos e continuar a enriquecer essa cultura que compartilhamos e que se manifesta em aspectos tão diversos quanto o entretenimento.

Na atualidade, existem muitas semelhanças culturais entre os países de língua espanhola e língua portuguesa na América Latina. No entanto, o mundo do entretenimento e, em particular, a indústria dos cassinos, têm sabido aproveitar as pequenas diferenças que existem para enriquecer o seu conteúdo. Exemplos disso são as variedades regionais que existem de um jogo de azar, ou a inclusão de referências específicas à cultura de um país, para continuar a crescer o chamado iGaming num dos mais importantes mercados do mundo.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.