Casa do Natal em Foz resgata a delicadeza e a simplicidade do crochê

São mais de 300 peças feitas à mão, iluminadas por 5 mil luzes de LED. Decoração da casa, localizada na Avenida Pedro Basso, é custeada com recursos próprios.

Técnica artesanal tradicional e enraizada na cultura brasileira, o crochê é o destaque da decoração da Casa do Natal. A residência, que fica na Avenida Pedro Basso, em Foz do Iguaçu, já recebe moradores e turistas para momentos de encantamento com a produção, que pode ser contemplada na área externa da casa. O trabalho é todo custeado pelos proprietários do imóvel.

Para compor o cenário, mais de 300 peças foram feitas à mão, valorizando a delicadeza e a simplicidade do crochê. A maior parte dos adereços foi confeccionada com fio de malha ou náutico, mas muitos deles foram produzidos com linha fina, técnica mais tradicional empregada nesse trabalho.

“Por conta da pandemia, as pessoas precisaram ficar um tempo reclusas, resgatando hábitos que tinham. Eu resgatei o crochê”, informa a proprietária do imóvel, que prefere não se identificar. “O objetivo é mostrar a simplicidade, que o Natal pode ser muito simples. Nós optamos pelo crochê, artesanato tão conhecido, tradicional e antigo”, frisa.

Nenhuma peça foi comprada pronta, todas foram feitas manualmente por ela, sua mãe e uma artesã aposentada, que utiliza o “crochê raiz”, de linha fina. “É possível fazer uma decoração natalina com muito pouco, só fio de malha, tesoura, linha, agulha e boa vontade, que essa é a maior parte. Dá trabalho? Sim, mas o resultado é compensador”, expõe.

Há mais de uma década a decoração contribui para encantar o Natal em Foz do Iguaçu – Foto: Rafael Guimarães

A decoração da Casa de Natal de Foz do Iguaçu conta com 18 Papais Noéis – um com 1,8 metro, uma Mamãe Noel e cinco mil lâmpadas de LED. “Tivemos que vencer as dificuldades de fornecimento para poder adquirir as luminárias, já que esse material, que fica exposto ao tempo, não pode ser reutilizado de um ano para o outro”, revela a proprietária da residência decorada.

O festão contorna a casa com bolas natalinas, flores, pinheirinhos e corações, tudo em crochê. A arte manual também foi usada na confecção de adereços da manjedoura do Menino Jesus, como o colchão, o travesseiro e a estrela. Na parte superior da moradia, há um enorme pinheiro de Natal, com todas as peças decorativas em crochê.

A família realiza há 11 anos seguidos a decoração da Casa de Natal. Moradores e visitantes de Foz do Iguaçu podem conferir o trabalho a qualquer horário do dia ou da noite, gratuitamente, para fotos e momentos em família. Como ocorre a cada ano, a produção natalina permanecerá exposta até o dia 6 de janeiro.

Cuidados sanitários

Quem visitar a Casa de Natal neste ano deve obedecer às regras sanitárias em vigor, como o uso obrigatório de máscara e a manutenção do distanciamento entre as pessoas, evitando aglomerações. O espaço dispõe de dois recipientes com álcool em gel, repostos com frequência, para a higienização das mãos.

A orientação dos promotores da decoração é que somente uma família visite o espaço por vez. “Estamos percebendo que as pessoas estão seguindo essa precaução. Enquanto um grupo contempla a decoração e faz suas fotos e vídeos, as outras aguardam a vez no carro, sem contato. Essa é a contribuição que contamos da parte dos visitantes”, enfatiza a proprietária da Casa do Natal.

A Casa do Natal
Endereço: Avenida Pedro Basso, 370, Jardim Polo Centro
Horário: 24 horas
Redes sociais: @acasadonatal e facebook.com/acasadonatal
Visitação gratuita (na área externa do imóvel)

A Casa do Natal 2020. Fotografias de Rafael Guimarães

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.