Presidente do Comtur, Yuri Benites foi entrevistado no Programa Marco Zero - Foto: Carlos Sossa

Destino: Foz do Iguaçu. Turismo mira retomada e fortalecimento do setor

Presidente do Comtur, Yuri Benites avalia o momento atual e as perspectivas futuras da atividade turística. Assista à entrevista.

As análises são unânimes ao apontar que o turismo de Foz do Iguaçu será um dos últimos segmentos econômicos a recuperar-se do baque causado pela pandemia. Essa avaliação encontra respaldo não só nos números de check-in em hotéis e bilheterias de atrativos, como também no saldo de desempregados no setor.

O avançar da vacinação contra a covid-19, associado a outros fatores, começa a ser enxergado pelo trade como uma luz no final do túnel. Presidente do Conselho Municipal de Turismo (Comtur), Yuri Benites contextualiza o momento atual e as perspectivas futuras em entrevista no Marco Zero, programa do H2FOZ e da Rádio Clube FM.

Assista à entrevista.

O profissional lembra que o turismo enfrenta os efeitos da pandemia desde março do ano passado, quando foi necessário o fechamento das atividades, com ensaio de reabertura em junho, no aniversário da cidade, e retomada no mês seguinte. “Desde julho do ano passado não fechamos mais, mas sem o elemento principal, que é o visitante”, enfatizou.

O impacto da pandemia, a redução da malha aérea e outros fatores prejudicam todos os setores da atividade turística em Foz do Iguaçu, expôs. “O turismo é o fenômeno do deslocamento e do encontro. Hoje, quando vemos as informações de vacinados na cidade e em outras localidades, isso nos traz um alento que não é a solução dos problemas, mas talvez o final do problema maior”, frisou Yuri.

Conforme o presidente do Comtur, as ações de retomada voltam-se ao turismo regional e doméstico, principalmente das cidades com até mil quilômetros de distância da fronteira. “As pessoas estão começando a entender que dá para fazer seu deslocamento com cuidado. Quem está decidindo viajar sabe que tem que fazer isso com toda a responsabilidade”, apontou.

Segundo Yuri Benites, a Itaipu Binacional e as instituições que integram a Gestão Integrada do Turismo atuam na elaboração de uma ação de promoção do destino. “Será a segunda fase da campanha Vem Pra Foz, que tem o objetivo de fortalecer esse momento da retomada do nosso turismo”, explicou.

“É uma ação muito importante porque as empresas estão endividadas e as instituições estão sem arrecadação, o que dificulta a divulgação”, enfatizou. Segundo Yuri Benites, o Comtur também trabalha em um grande convênio entre instituições para contribuir com a retomada do turismo com bases fortalecidas.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Paulo Bogler - H2FOZ tem 1163 posts e contando. Ver todos os posts de Paulo Bogler - H2FOZ