Pela manhã, o trabalho foi remover árvores e galhos das vias públicas. Foto Patrícia Iunovich

Choveu até 46mm, na madrugada de Foz. E o vento derrubou pelo menos 27 árvores

O forte temporal que atingiu Foz do Iguaçu na madrugada desta quarta-feira (17) ocasionou estragos e quedas de árvores em vias públicas e residências.

A Defesa Civil segue em alerta, monitorando todas as regiões da cidade. O Corpo de Bombeiros e a Secretaria Municipal do Meio Ambiente auxiliam na remoção de árvores e limpeza das vias.

De acordo com o Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais), choveu cerca de 46 milímetros na região Leste (Morumbi), 25 mm na região Sul (Porto Meira), 28 mm na região Norte (Vila C) e 26 mm na região do Aeroporto. As rajadas de vento atingiram 60 km/h.

Até o início da manhã desta quarta-feira, 17, a Defesa Civil contabilizou 25 quedas de árvores em vias públicas e 2 sobre residências. Ao todo, 32 mil unidades consumidoras ficaram sem energia durante a madrugada, e nesta manhã 15.900 ainda aguardavam o restabelecimento. A Copel segue atendendo as ocorrências.

Semáforos de várias avenidas, como a Paraná, estavam desligados, pela manhã. Foto Marcos Labanca

Assessoria

Este texto é de responsabilidade de assessoria da imprensa institucional e/ou empresarial. Veja mais conteúdo do autor.

Assessoria tem 460 posts e contando. Ver todos os posts de Assessoria