Foz do Iguaçu, 9 graus? Veja só o que nos espera depois de um sábado chuvoso

De manhã está sempre fresquinho, nos últimos dias. Mas à tarde a temperatura vai lá perto ou até além de 30 graus. Até o outono em Foz tem dessas, pra gente não esquecer que a cidade é a mais quente do Paraná.

Mas uma boa olhada em todos os serviços de meteorologia permite acreditar que a situação vai mudar. Veja só: por unanimidade, todos os meteorologistas que consultamos preveem chuva no sábado, já com queda na temperatura.

E o que é mais curioso: dois deles dizem que a temperatura chegará a 9 graus de mínima, na próxima segunda-feira, dia 26. Outro diz que será na terça esta mínima.

Outono é transição entre as temperaturas tórridas do verão (falamos de Foz) e, às vezes, o frio de gelar os ossos de alguns dias de inverno (em Foz, porque em Curitiba pode fazer frio no verão e faz frio de verdade no inverno).

AS PREVISÕES

Sem mais delongas, vejamos o que cada um deles diz.

Simepar: tempo aberto até sexta-feira (23), quando fica bem nublado; no sábado, chove, e até uma boa quantidade (mais de 7 mm). Máxima cai de 31 na sexta para 23 no sábado. Mínima ainda fica em 20. Mas, no domingo, mínima desce pra 15 graus, enquanto a máxima sobe um pouco pra 26.

Aí vem a segunda-feira, com mínima de 9 graus e máxima de 21. Ah, sim, com sol, como no domingo. Sempre segundo o Simepar, seguem-se mais dias de fria, de até 8 graus de mínima, de terça a quinta-feira da semana que vem.

Inmet: a previsão do Inmet só vai até sábado. Mas também com pancadas de chuva e trovoadas isoladas. E a máxima desce pra 26 graus, com mínima de 18.

Climatempo: chuva pode começar, de leve, já na sexta-feira. No sábado, é chuva a qualquer hora, com queda na mínima para 16 e na máxima para 22 graus. Temperatura vai pra 13 graus no domingo e pra 11 graus na segunda-feira (a mínima, claro. A máxima acompanha a queda).

Na terça, os 9 graus previstos pelo Simepar pra segunda-feira. E o frio segue pelos próximos dias, commáximas que não superam 26 graus à tarde.

AccuWeather: o bom tempo vai até sexta-feira. No sábado, “tempestade em partes da região. E queda nas temperaturas, 24 de máxima e 18 de mínima.

Chove também no domingo, mínima vai pra 14 graus. Na segunda-feira, desce pra 12 graus. Desde sábado, a máxima fica em 24 graus, nos três dias.

Com tempo ensolarado ou parcialmente ensolarado, segue o friozinho pelos próximos dias.

CPTEC/Inpe: sexta-feira, encoberto. Sábado, chuvas periódicas. Máxima diminui para 21 graus (18 de mínima). No domingo, nublado, com mínima de 16 graus. E, na segunda-feira, com predomínio de sol, a temperatura mínima despenca para 9 graus. A máxima oscila entre 26 e 27 graus.

Mas, pelos dias seguintes, a mínima fica no confortável patamar entre 15 e 16 graus. Clima paradisíaco.

CONCLUSÃO

O inverno tem luz própria. Menos caliente, mas aconchegante. Foto Patrícia Iunovich

É a conclusão mais óbvia possível: há duas unanimidades, a chuva no sábado e a queda na temperatura, nos dias seguintes. Fica muito fácil então acreditar que o tempo muda no sábado e que nos dias seguintes vamos ter sinais do inverno.

Por ser unânime, também, significa que há eventos climáticos ocorrendo agora e que, quando chegar o sábado, terão alterado pra valer o tempo daqui.

Só uma questão a considerar: a previsão do tempo mais próximo de acontecer é a feita com no máximo 24 horas de antecedência. Depois deste prazo, a porcentagem de acerto vai caindo gradativamente.

E mais: muitas vezes, nossos meteorologistas erram até a previsão pro dia seguinte. Mas confiemos: é unânime, vai acontecer. Chuva no sábado e depois o friozinho pra gente curtir ainda mais as horas de cobertor.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.