Se não chover nesta quinta, esqueça que existe chuva. Ou quase isso

H2FOZ – Cláudio Dalla Benetta

A umidade relativa do ar, em Foz do Iguaçu, anda bem baixa em algumas horas do dia. Pode cair pra pouco mais de 30%, quando o ideal é sempre acima de 60%, pra gente não sentir a secura na garganta e nos pulmões.

Tempo seco é muito bom pra fotografar o nascer do sol nos arrabaldes de Foz, como prova nossa “fotógrafa honorária” Patrícia Iunovich. Ela faz fotos do nascer e do pôr do sol sempre que ele, o sol, está presente. E se tornou especialista.

Patrícia já chegou até a propor, certa vez, que fosse feita a eleição do céu mais bonito do Brasil, porque Foz seria imbatível. Depois desse texto da previsão, tem mais belas fotos que ela fez nesta quarta-feira, 2.

Ah, sim, o tempo seco torna o céu mais colorido, ao amanhecer e ao anoitecer. A poluição, que tanto prejudica o planeta, faz com que as cores dos raios solares mais “fracas” se dissipem, e fica então aquele alaranjado forte ou até vermelho, com nuances que passam até pelo rosa nas nuvens mais altas. É bonito, por certo.

Se não fosse a atmosfera, poluída ou não, todo mundo sabe que a cor que o sol traria seria branca, que é a cor das estrelas. E o sol é uma estrela de quinta grandeza, lembram da escolinha?

Voltando à questão da chuva, o serviço meteorológico CTPTEC/Inpe e também o serviço Climatempo preveem chuva pra amanhã, quinta. Mas veja: são apenas esses dois, dos cinco que sempre consultamos.

Pro Simepar, chove só na quarta-feira da semana que vem, dia 9. Pro AccuWeather, mais distante ainda: terça-feira da outra semana, dia 15.

O Inmet faz previsão até apenas o sábado, 5. Até lá, tudo seco.

E todos os que veem chuva, mesmo lá no dia 15, a partir dali deixam o tempo no máximo nublado. Ou parcialmente nublado, como está nesta quarta. Dá até a impressão de que vai chover, mas… nada.

O que fazer? Curtir o amanhecer, curtir o pôr do sol e precaver-se tomando muito líquido. Mas não pense que cerveja tem este efeito positivo. Quando beber cerveja, tome muita água junto, pra se desintoxicar e ficar “legal” sem o triste depois.

Quanto às temperaturas, vá se acostumando com elas. Setembro, pelo menos pelas previsões mais longínquas dos serviços de meteorologia, ficará assim como hoje. Mínima perto de 20, máxima junto aos 30 graus.

Parece que o inverno já se foi quase sem ter dado muito as caras. Bem, não deixa saudade. Aliás, em ano de covid-19, a única saudade que a gente vai sentir é daqueles que… deixa pra lá, vamos ficar no tempo, mesmo, que o astral anda baixo.

E, pra levantar o astral, nada melhor que o efeito do astro-rei deixando tudo mais colorido. Epa, mas não era a poluição que coloria tudo? Não, não, a poluição só colore o céu. Enfim, todo mundo entendeu, é só uma chamada pra mais fotos de Patrícia Iunovich.

O sol nasce sobre a plantação de trigo. Trigo em Foz? Nos arrabaldes do Jardim Iguaçu tem soja e tem trigo.
O sol nasce sobre o verde que existe nas imediações do trigal. Verde, em Foz, tem bastante, mas mal distribuído.
Aqui, o sol apenas realça esse belo espetáculo das nuvens, que ao longo do dia dominaram quase todo o espaço e até escondiam, vez por outra, o sol que as iluminava.

 

Você adivinha qual é a flor, se quiser. “Nosotros” apenas apreciamos a beleza dela e da casa no arrabalde de Foz.

 

 

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.