Vem mais chuva pra Foz do Iguaçu. Mas, hoje, sem previsão de temporais

É aquela história: cada serviço de meteorologia utiliza os dados que possui para tentar acertar como fica o tempo nas próximas horas e dias. É quase um jogo, porque há muitas variáveis.

Mas é um jogo com algumas cartas marcadas. Tanto que todos os serviços preveem chuva, entre hoje e segunda-feira. Mas um deles – o AccuWeather – não vê isso acontecer nesta quinta e na sexta, 15. Carta na manga?

Vamos ver então o que dizem os meteorologistas:

Simepar: 48% de chance de chover, nesta sexta-feira, 14, mas pouca coisa: 1,2 mm. Chove também na sexta, no sábado e domingo. No domingo, se se confirmar, é chuvarada: 50,8 mm.

AccuWeather: parcialmente ensolarado nesta quinta e na sexta. Sábado, chuvas ocasionais e uma tempestade; domingo, “pancadas de chuva e tempestades intensas”. E chuva com tempestade é também o prognóstico pra segunda e terça-feira, dias 18 e 19.

Inmet: o alerta amarelo para tempestades, que teve início às 15h de quarta-feira, prossegue até o meio-dia desta quinta. Mas a previsão para o dia é de muitas nuvens com pancadas de chuva isoladas à tarde e à noite. Pra sexta, chuvisco. Pra sábado e domingo, pancadas de chuva e trovoadas isoladas. E pra segunda-feira, 18, pancadas de chuva isoladas.

CPTEC/Inpe: pancadas de chuva localizada, que poderão ser fortes e vir acompanhadas de trovoadas, a partir da tarde, é a previsão pra esta quinta. Isso vale também pra sexta e sábado. No domingo, chuvas periódicas.

Climatempo: pancadas de chuva à tarde e à noite, nesta sexta. Isso vale também pra sexta, sábado, domingo e segunda-feira, com sol e aumento de nuvens pela manhã e chuva à tarde.

DOMINGO MAIS FRESCO

Dá pra concluir que a possibilidade de chover nesta quinta é elevada. O amontoado de nuvens indica isso, até pra quem não tem instrumento algum nem acesso a imagens de satélite.

Quanto a temporais, a possibilidade já caiu muito, embora não dê pra arriscar se vão ou não ocorrer nos próximos dias.

Seria bom que a gente tivesse uma folga. A chuva é boa e necessária. O excesso, todos sabemos o que provoca.

As temperaturas continuam elevadas, em Foz, com exceção de domingo. Unânimes, todos os serviços de meteorologia preveem uma queda na máxima e na mínima. A unanimidade é que a máxima fica abaixo de 30 graus. Mas não há consenso quanto ao número em si: pode variar de 25 a 28 graus. De qualquer forma, um refresco.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.