As principais lesões de Neymar no PSG

Neymar sofreu lesão em duelo contra o Lyon — Foto: AFP

Vítima de uma entorse no tornozelo, Neymar desfalcará mais uma vez o PSG. Desde que chegou no PSG em 2017, Neymar já sofreu outras lesões que afastaram o atacante dos gramados por um longo período.

Ao sofrer uma entorse no tornozelo na partida contra o Saint-Étienne pelo Campeonato Francês, Neymar desfalcará mais uma vez o Paris Saint-Germain por um longo período. Além dos gols e do espetáculo, sua passagem pelo clube francês também ficará marcada pelas lesões que o atacante brasileiro sofreu com o passar dos anos.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

No total, incluindo a lesão mais recente, sofrida no tornozelo esquerdo, Neymar teve cinco outras lesões importantes ao longo de sua carreira. Mesmo com esses impasses, ele não deixou de movimentar o mercado de apostas. Clique aqui e saiba como fazer o registro em uma das melhores casas e aproveitar a boa forma do jogador em seu retorno. Até lá, confira a lista:

De fevereiro até agosto de 2018:

Em 2018, Neymar sofreu a primeira lesão no tornozelo. O atacante teve uma torção após uma disputa de bola no clássico contra o Olympique de Marseille e ficou afastado dos gramados entre fevereiro e agosto do mesmo ano por conta de uma fratura no metatarso do pé direito.

De fevereiro até maio de 2019:

De fevereiro até maio de 2019, o local que Neymar lesionou em 2018 voltou a afetar o jogador. Numa partida da Copa da França contra o Strasbourg, o jogador foi vítima de uma segunda fratura no mesmo local e ficou ausente até a reta final da temporada 2018/2019.

De junho até setembro de 2019:

Meses depois, já com a camisa da seleção do Brasil, Neymar se lesionou num amistoso contra o Catar. Na preparação visando a Copa América que seria conquistada pelo time comandado por Tite dias depois, Neymar teve uma ruptura dos ligamentos do tornozelo direito. O camisa 10 do Brasil ficou em recuperação de junho até setembro de 2019, numa época em que havia declarado seu desejo em deixar o PSG para voltar ao Barcelona.

De dezembro de 2020 até janeiro de 2021:

Em dezembro de 2020, Neymar teve que ficar um mês longe do futebol por conta de uma lesão no tornozelo esquerdo. Depois de sofrer um carrinho de Thiago Mendes, volante do Lyon com passagem por Goiás e São Paulo, o camisa 10 do Paris deixou o campo de maca. A equipe médica do PSG constatou uma torção no tornozelo que impediu com que Neymar jogasse por um mês.

De fevereiro até março de 2021:

Já em 2021, foi o músculo adutor da perna esquerda que afetou o jogador. Neymar sentiu a região numa partida da Copa da França contra o Caen e os exames indicaram que a lesão era de grau 2, o suficiente para afastá-lo dos gramados por mais um mês e fazê-lo perder nove jogos em sequência.


Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

NEGÓCIOS

Esta página faz parte da seção Negócios e não integra o conteúdo jornalístico do H2FOZ.