Caravana Faep/Senar, Tempo frio, Olimpíada e Reforma tributária

Coluna da Associação dos Jornais Diários do Interior, 11 de julho de 2024.

Apoie! Siga-nos no Google News

Fórum de IA
Inteligência Artificial será o tema do Fórum da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap). O evento ocorrerá nos dia 25 de julho no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba. Inscrições estão abertas, link disponível no site da Faciap.

Caravana Faep/Senar
A caravana do Sistema Faep/Senar-PR percorreu durante o mês de junho 11 municípios de diferentes regiões do Paraná. Essa foi a quarta edição do Encontro Regional de Líderes Rurais, com o objetivo de estreitar laços com produtores rurais de todas as regiões do Estado, fortalecendo os sindicatos rurais e estimulando a formação de novas lideranças.

Turismo local
Levantamento realizado pelo Secretaria estadual do Turismo, mostrou que 86,3% dos participantes, que moram no Paraná, têm a intenção de realizar alguma viagem dentro do próprio Estado até o fim do ano. A maioria (46,3%) pretende se deslocar ao Interior, outros 40,3% para o Litoral e 13,4% para a Capital.

Tempo frio
O tempo frio e a chuva devem permanecer em todo o Paraná até o início da próxima semana, com pancadas de chuva mais fortes a partir desta quinta-feira (11) até domingo (14). No sábado (13) essa massa começa a se deslocar para o oceano, permitindo o aumento das temperaturas e a redução das chuvas na próxima semana.

Crescimento
No Dia do Cooperativismo, a Ocepar destacou que o segmento é o que mais fortalece o estado: 6,2% em 2023, totalizando 215.097 cooperados. As cooperativas agropecuárias paranaenses faturaram R$ 165,2 bilhões. O faturamento representa 2% de bens de fornecimento, 22% de insumos, 37% de produtos industrializados, 38% de produtos não industrializados e 1% de serviços. Especificamente na produção, a atividade industrializada representou 49% do volume total, com 50% desse faturamento vindo de produtos de origem animal, 47% de origem vegetal e 3% de origem mineral.

Impulso
O presidente do G5, Jonel Chede Filho, disse que a legalização do jogo no Brasil é uma oportunidade para impulsionar a economia e o turismo. “A legalização dos cassinos no Brasil, incluindo os bingos, teria um impacto direto na economia, gerando uma série de benefícios financeiros para o país, com um potencial considerável para aumentar a arrecadação tributária e impulsionar o crescimento econômico”. O G5 é formado pela Abav-PR, SEHA, Abrasel, Abih-PR, Fecomércio-PR e Abeoc-PR.

Empregos
Além disso, disse Jonel Chede, permitiria a criação de empregos em diversas áreas. “Grandes resorts e hotéis já existentes no Brasil poderiam se converter em complexos de entretenimento completos, atraindo um grande número de turistas nacionais e internacionais. Esses empreendimentos exigem uma força de trabalho significativa, abrindo oportunidades de emprego para uma ampla gama de profissionais”, completou ao apontar que Curitiba poderá ter pelo menos 11 estabelecimentos de bingo.

Gratuidade
O governador Ratinho Júnior (PSD) enviou à Assembleia Legislativa projeto de lei que institui de forma definitiva a gratuidade ou desconto de 50% para pessoas idosas na compra de passagens do de transporte rodoviário intermunicipal. A proposta revoga a lei estadual que não foi implantada por questionamentos judiciais. Pelo texto, até três horas antes do início das viagens intermunicipais convencionais (menos semileitos e leitos) as empresas prestadoras de serviços reservarão dois assentos para uso gratuito e dois assentos para venda com desconto de 50% sobre o valor total da passagem.

Olimpíada
A Secretaria Estadual de Educação divulgou a lista dos 7.737 estudantes selecionados para a terceira etapa da Olimpíada de Matemática, promovida com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática. Participaram da primeira fase, 900 mil estudantes de 397 cidades. Os finalistas vão receber medalhas de ouro e ganhar um curso de aprofundamento no aprendizado na área que está previsto para ocorrer entre os dias 30 de setembro e 2 de outubro em Foz do Iguaçu.

­Reforma tributária
A Câmara aprovou a urgência para votação do projeto de lei para regulamentação da reforma tributária. Desta forma, a proposta do governo federal vai direto para votação em plenário. Pelo texto, a alíquota média de referência, que é a soma do Imposto sobre Bens e Serviços de estados e municípios e a Contribuição sobre Bens e Serviços federal, será de 26,5%.

Restrições­
A menos de três meses do primeiro turno das eleições municipais, marcadas para 6 de outubro, começou a valer uma série de restrições voltadas aos pré-candidatos e a pessoas que estão em cargos públicos. Contratação de shows com recursos públicos para inauguração de obras, presença de políticos nesses eventos, normas sobre transferência de recursos, pronunciamentos e demissões, além do uso de marcas, estão entre as medidas. O descumprimento pode levar o servidor público e o pré-candidato beneficiado a responderem a processos e investigações.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

LEIA TAMBÉM
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.