Com casos represados, Foz tem 571 novas ocorrências de covid-19 nesta sexta

Hospital Municipal atende pacientes com covid-19 - Foto ilustrativa: Fundação de Saúde

A doença foi detectada em pessoas com idades entre 4 meses de vida e 82 anos.

Conteúdo atualizado às 15h05 para inserir informações complementarmente divulgadas pela administração.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Com casos represados, a prefeitura informou o registro de 571 novos casos de covid-19 em Foz do Iguaçu, lançado no boletim epidemiológico desta sexta-feira, 25. As infecções são em pessoas entre 4 meses e 82 anos, das quais três necessitaram de internação – 510 já cumpriram isolamento.

“A Vigilância Epidemiológica esclarece que, nesta sexta-feira, o número de casos está superior devido a notificações que chegaram com atraso ao sistema”, ressaltou a Agência Municipal de Notícias. Segundo a prefeitura, 435 diagnósticos são dos dos meses de janeiro e fevereiro.

Com as confirmações, agora são 496 casos ativos, pessoas que estão com a doença e podem transmitir o vírus. Dessas, há 441 indicações de isolamento domiciliar e 55 pacientes estão internados na rede hospitalar.

A média diária de ocorrências é de 216, em queda na comparação com duas semanas atrás. Os hospitais Municipal e Costa Cavalcanti, que atendem pacientes com a doença em Foz do Iguaçu, têm 75% dos leitos de UTI ocupados e 16% das vagas em enfermaria em uso.

Não consta óbito no informe epidemiológico desta sexta-feira. Em fevereiro, de 1º a 25, foram 45 vidas perdidas. Desde o início da pandemia, Foz do Iguaçu totaliza 1.235 mortes por covid-19.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.