Argentino foragido é extraditado pela Polícia Federal

Ao ser levado à fronteira, os policiais federais entregaram o argentino às autoridades do país vizinho.
Siga a gente no

Ele foi preso em agosto do ano passado em Foz e era procurado pelo crime de violência doméstica.

Um professor de artes marciais argentino de 46 anos foi extraditado, na manhã desta quinta-feira (23), para o país de origem. A operação foi realizada pela Polícia Federal (PF) na aduana da Ponte Internacional Tancredo Neves, que liga Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú.

O professor estava foragido da Justiça argentina pelo crime de violência doméstica e foi preso em Foz do Iguaçu, em agosto de 2021, após investigação realizada pela própria PF. O processo judicial está sob alçada do Tribunal Penal N. 1, da Tercera Circunscripción Judicial de la Ciudad de Eldorado.

Ao ser levado à fronteira, os policiais federais entregaram o argentino às autoridades do país vizinho.

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Denise Paro - H2FOZ

Denise Paro é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo da autora.

-->