Acelera Foz e CCR Aeroportos debatem fortalecimento da malha aérea

Na pauta do encontro, iniciativas para o desenvolvimento de Foz do Iguaçu - Foto: Divulgação

Reunião contou com gerentes da administradora do Aeroporto de Foz do Iguaçu, empresários, lideranças, gestores públicos.

Fortalecimento da malha aérea, promoção e conexão de Foz do Iguaçu com os principais mercados turísticos, transporte de cargas e intermodalidade foram pautas da reunião do Programa Acelera Foz com gerentes da CCR Aeroportos, sexta-feira, 8. Cumprindo agenda na região, o deputado federal Vermelho (PL) também participou do diálogo.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

A CCR assumiu a administração do aeroporto internacional iguaçuense neste mês de abril, pelo período de 30 anos, após vencer o leilão de concessão promovido pelo governo federal no ano passado. A empresa passou a ser a maior operadora em número de aeroportos no país, gerindo terminais estratégicos.

Membros da Coordenação Estratégica do Acelera Foz apresentaram demandas aos representantes da CCR Aeroportos e colocaram-se à disposição para contribuir. O objetivo é somar forças entre os setores público, privado e sociedade civil organizada para a expansão e diversificação dos negócios em turismo, comércio, logística.

“É muito bom receber diretores da CCR para tratarmos de um assunto fundamental para o nosso turismo e a economia da cidade, que é a operação do aeroporto”, disse Felipe Gonzalez, presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Codefoz). “A união sempre traz os melhores resultados para o bem comum”, defendeu.

“Fomos muito bem recebidos em Foz do Iguaçu e vamos tratar a cidade com esse mesmo carinho e respeito”, declarou a gerente de Negócios Aéreos, Graziella Delicato. “Essa abertura de diálogo é muito importante, e nossa disposição é a de trabalharmos juntos, com agendas técnicas e fortes pró-negócios”, pontuou.

Em sentido igual, o gerente-executivo de Aeroportos da empresa, Marcius Moreno, afirmou que, com a conclusão da transição operacional, o foco agora é realizar “um trabalho para fazer a diferença”, frisou. “O aeroporto é o portal de entrada. Queremos que o passageiro já sinta uma diferença, que seja o início de uma grande experiência na cidade”, elencou.

Integração do transporte

O deputado Vermelho destacou a importância da concessão do aeroporto realizada pela gestão federal e endossou o pleito de lideranças das entidades iguaçuenses pela ampliação do transporte de cargas. O parlamentar lembrou que o movimento de passageiros pode ocorrer juntamente com o recebimento e envio de mercadorias.

“É o momento certo de fomentarmos o transporte aéreo de cargas, pois o agronegócio em nossa região está bombando”, sublinhou. “E para Foz do Iguaçu é fundamental ter um terminal integrado, pois já temos o sistema rodoviário e teremos o ferroviário com a extensão da Ferroeste. Ninguém vai segurar a pujança dessa cidade”, apostou.

Reunião da Coordenação Estratégica do Programa Acelera Foz – Foto: Divulgação

Presidente da Associação Comercial e Empresarial (ACIFI), Faisal Ismail ressaltou que a sociedade civil se propõe a ajudar nas “lutas grandes e justas”. Ele defendeu ações em conjunto a fim de ampliar a oferta de voos para Foz do Iguaçu, com a “disponibilidade de mais cadeiras para se buscar um público maior, pois demanda existe”, avaliou.

Arena para grandes eventos

Na reunião do Acelera Foz, o deputado Vermelho apresentou o projeto da arena multiuso para grandes eventos em Foz do Iguaçu. Segundo ele, a proposta conta com emendas orçamentárias de sua autoria. O parlamentar convidou empresários, gestores públicos e entidades da sociedade civil organizada a apoiar os esforços pela construção do equipamento.

“Esse espaço é para Foz do Iguaçu reunir mais de dez mil pessoas em grandes eventos. Será uma conquista extraordinária para moradores da cidade e turistas”, salientou. “Precisamos contratar um escritório especializado para a elaboração do projeto”, concluiu o deputado.

Participando da reunião de forma on-line, o assessor especial da direção-geral brasileira da Itaipu Binacional, almirante Luiz Carlos Faria Vieira, mencionou que irá reunir-se com a direção do Fundo Iguaçu para “apoiar a operacionalização da contratação do projeto” e dar seguimento à proposta. “A Itaipu se coloca para ajudar no que puder”, disse, reforçando o compromisso da empresa com as pautas pelo desenvolvimento.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Assessoria

Este texto é de responsabilidade de assessoria da imprensa institucional e/ou empresarial. Veja mais conteúdo do autor.