Codefoz levará ao governador projetos prioritários de Foz do Iguaçu

Agenda Acelera Foz vem vendo sendo trabalhada por Itaipu e prefeitura; Câmara pode destinar R$ 1 milhão para banco de projetos da cidade.

Apoie! Siga-nos no Google News

O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Codefoz) irá requer apoio do Governo do Paraná para a execução dos 70 projetos prioritários de Foz do Iguaçu. O pacote de investimentoS já vem sendo trabalhado pela Itaipu Binacional e prefeitura.

LEIA TAMBÉM: Desenvolvimento de Foz do Iguaçu é pactuado por Itaipu, prefeitura, Codefoz e PTI

A entrega da agenda Acelera Foz 2040 foi feita ao deputado Matheus Vermelho (PP) na plenária do conselho, que propôs entregá-la ao governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) em reunião, incluindo o Codefoz, no começo do ano. O deputado também prestou contas do mandato, destacando mais de R$ 7,2 milhões para o município.

“Minha posição é que a gente faça uma agenda juntos com o governador”, propôs. “Marco uma reunião para ele nos ouvir e apresentarmos, entre esses vários eixos [Acelera Foz], algumas das prioridades que não estão sendo trabalhadas por Itaipu ou a prefeitura”, pontuou, reafirmando que seu mandato parlamentar com viés municipalista está à disposição das entidades da nossa cidade.



“A fala do governador é que precisamos de obras grandes em Foz do Iguaçu, pelo momento da cidade”, prosseguiu. Para os conselheiros, reforçou a importância da documentação técnica. “Sem projeto, o dinheiro não prospera. Precisamos ter projetos e representatividade, por isso estou aqui. Juntos, podemos fazer a diferença para Foz do Iguaçu”, salientou Matheus.

Presidente do Codefoz, Fernando Castro Alves afirmou que essa é mais uma frente importante no sentido de tornar realidade a agenda de desenvolvimento. “Trabalharemos em busca do apoio e da participação desse terceiro ente, que é o Governo do Paraná, na concretização dos 70 projetos para o desenvolvimento de Foz do Iguaçu”, sublinhou.

Agenda da cidade

Representantes da Itaipu Binacional, Newton Ricardo de Almeida – vice-presidente do Codefoz – e Aline Teigão, expuseram as ações da empresa para o desenvolvimento. O secretário municipal de Planejamento e Captação de Recursos, Andrey Bachixta, também atualizou o status de projetos que fazem parte da agenda Acelera Foz 2040. Ele representou o prefeito Chico Brasileiro (PSD)

No detalhamento, mostrou ações que tiveram projeto técnico e orçamento contratado ou concluído, citando entre os que avançaram a proposta de requalificação dos corredores turísticos. E chamou atenção para outras realizações. “A trincheira do CTG Charrua é uma prioridade, mas precisamos viabilizar um orçamento completo com memorial descritivo, no que o Fundo Iguaçu pode nos ajudar”, mencionou Andrey.

Banco de projetos

O presidente da Câmara de Vereadores, João Morales (União Brasil), e o secretário municipal Andrey Bachixta receberam um pedido formal do Codefoz para que parte dos recursos devolvidos pelo Legislativo à prefeitura, no fim do ano, seja utilizada para o banco de projetos da cidade. A destinação do recurso é definida pelo administrador.

“Fizemos as contas e, para a nossa alegria, teremos para devolver cerca de R$ 4 milhões, sendo perto de R$ 1 milhão podendo ser para o banco de projetos do município, se o prefeito concordar com esse repasse”, explanou João Morales. “Para viabilizarmos os investimentos, precisamos de projetos técnicos em mãos. Essa é a importância desse recurso”, frisou o presidente do Codefoz, Fernando Castro Alves.

Nova câmara técnica

A sessão aprovou a criação da Câmara Técnica (CT) de Desenvolvimento Econômico do Codefoz. As instituições interessadas em integrar essa instância deverão fazer o pedido à secretaria do conselho, até 31 de dezembro, por meio do e-mail: secretariaexecutiva@codefoz.org.br. O próximo passo será estabelecer um plano de trabalho.

Gestor do Sebrae em Foz do Iguaçu, Alessandro Coelho explicou que o objetivo da CT é contribuir para “promover o desenvolvimento de forma sustentável, equitativa e inclusiva, através do setor público e privado, e implementar ações para estimular o empreendedorismo, a inovação, a diversificação produtiva e a competitividade das empresas locais”, elencou. O consultor ainda apresentou indicadores econômicos à plenária.

Conquistas do Codefoz

O engenheiro Ali Safadi, da empresa Sinatrans, demonstrou o projeto da nova sinalização turística de Foz do Iguaçu, entregue para a prefeitura, ação que poderá ser custeada pela Itaipu. O trabalho e as conquistas do Codefoz durante o ano foram enumerados pela coordenadora-executiva do conselho, Edna Rubio, a qual destacou a estruturação da equipe, a atuação das câmaras técnicas e as pautas de desenvolvimento socioeconômico.

(Com informações do Codefoz)

LEIA TAMBÉM