Observatório Social em Foz do Iguaçu vence concurso nacional pela segunda vez

Diretores do Observatório Social e representantes de instituição parceira na área da educação - Foto: Divulgação
Siga a gente no

Premiação reconhece iniciativas de controle social na aplicação dos recursos públicos; concorreram cidades e capitais do país.

O Observatório Social do Brasil – Foz do Iguaçu (OSB – FI) venceu o 4º Concurso Nacional de Boas Práticas, que reconhece e valoriza iniciativas da sociedade civil que monitoram a boa aplicação dos recursos públicos municipais. O concurso é do Sistema OSB, que está presente em mais de 150 cidades brasileiras.

As cidades de Brusque (SC) e Limeira (SP) obtiveram a segunda e a terceira colocação. O Observatório Social em Foz do Iguaçu concorreu com o trabalho “Transparência, em compras, editais e obras”, conjunto de medidas pleiteadas à gestão do município para aprimorar os processos de licitação e aquisição de bens e serviços com dinheiro público.

Na primeira fase, o vídeo referente à ação havia vencido a votação popular, aberta ao público na internet, em que 25 cidades e capitais concorreram. A segunda etapa, definidora da premiação, foi pelo voto técnico das cidades integrantes do Sistema OSB, a partir de critérios como replicabilidade, impacto gerado, alcance e envolvimento do público.

“É um momento muito especial. Compartilhamos essa conquista com cada cidadão e com todas as instituições que possibilitam que o Observatório Social seja forte e presente.”

“É um momento muito especial em que nós, diretores, técnicos, voluntários e mantenedores, compartilhamos essa conquista com cada cidadão e com todas as instituições que possibilitam que o Observatório Social seja forte e presente”, ressalta Danilo Vendruscolo, presidente do OSB – FI. “Esse reconhecimento nos dá mais forças para seguir em frente”, frisa.

Danilo Vendruscolo: “Convidamos a população iguaçuense a integrar-se ainda mais ao controle social” – Foto: Marcos Labanca/Arquivo

“Convidamos a população iguaçuense a integrar-se ainda mais ao controle social, pois é o cidadão que paga os impostos, sendo seu direito e dever fiscalizar como esse recurso é aplicado e a qualidade do serviço público ofertado”, reflete Danilo. “O Observatório Social está aberto a todos que queiram contribuir com essa causa a favor da nossa cidade”, conclui.

Exemplo para o Brasil

Presidente do Observatório Social do Brasil, Raul Groppo afirma ser uma honra contar com Foz do Iguaçu como parte do Sistema OSB. Ele destaca o empenho da cidade em usar novas tecnologias, ferramentas e métodos, compartilhando esses instrumentais com outras 150 cidades em todo o Brasil.

“Isso nos enche de alegria”, enfatiza. “Por isso, este primeiro lugar no Prêmio de Boas Práticas é uma conquista não só da comunidade iguaçuense, mas de todo o nosso Brasil, que tem em quem se espelhar na busca contínua de uma comunidade mais justa e cidadã”, sublinha Raul Groppo, em nome do Sistema OSB.

De olho no tri

É a segunda vez que o Observatório Social do Brasil – Foz do Iguaçu vence o Concurso Nacional de Boas Práticas do Sistema OSB, que tem quatro edições. A primeira conquista foi em 2019, com as ações do Grupo de Trabalho (GT) de Obras, que monitora edificações como escolas e unidades de saúde, pelo Portal da Transparência e visitas técnicas in loco.

“Ainda cheios de alegria, já começamos a pensar na próxima edição, por ser fundamental a partilha de novas ferramentas e práticas para tornar cada vez mais eficiente o controle social exercido pelo cidadão”, frisa o coordenador do OSB – FI, Thyago Klipe. “Ficamos orgulhosos com o prêmio, que é uma conquista coletiva”, pondera.

Cidadania na prática

Trabalho minucioso do Observatório Social de monitoramento das licitações gerou economia de R$ 59 milhões aos cofres públicos de Foz do Iguaçu, de 2011 a 2020. Organização da sociedade civil, o OSB foi criado em 2009, atuando por meio do trabalho voluntário e cidadão, com atividades custeadas por empresas e pessoas físicas mantenedoras.

O OSB – FI acompanha o Portal da Transparência, propondo melhorias para facilitar o acesso do cidadão. Constrói indicadores de gestão, atua na educação fiscal e para que mais empresas iguaçuenses participem e vençam licitações locais. Publica relatórios sobre a produção legislativa e os gastos da Câmara de Vereadores.

Acompanhe o trabalho pelas redes
Site: fozdoiguacu.osbrasil.org.br
Facebook: www.facebook.com/osdefoz
Instagram: @observatoriosocialdefoz

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Assessoria

Este texto é de responsabilidade de assessoria da imprensa institucional e/ou empresarial. Veja mais conteúdo do autor.

-->