Catedral de Guadalupe erguerá cruz em memória às vítimas da covid-19

O ato simbólico ocorrerá na próxima sexta-feira (10), às 10h. Mais tarde, às 19h30, uma missa será celebrada em homenagem às mais de 600 mil vidas perdidas para a doença. Foto: O ato simbólico ocorrerá na próxima sexta-feira (10), às 10h. Mais tarde, às 19h30, uma missa será celebrada em homenagem às mais de 600 mil vidas perdidas para a doença. Foto: Rubens Fraulini/Itaipu Binacional

As mais de 600 mil vidas perdidas no Brasil – e mais de 1,1 mil em Foz do Iguaçu – para a covid-19 serão homenageadas na próxima sexta-feira (10), pela Catedral Diocesana Nossa Senhora de Guadalupe, com uma cruz de nove metros de altura no estacionamento do local. O ato simbólico ocorrerá às 10h, e às 19h30 uma missa será celebrada em memória às vítimas.

De acordo com o padre Clodoaldo Frassetto, “a cruz é uma forma de vivenciar o luto, mas sem perder de vista a esperança em Cristo Jesus. É também uma maneira de acolher todas as famílias enlutadas, transformando a dor em uma experiência bonita de fortaleza, de um caminho que continua e que precisa ser percorrido com a força do amor”.

O padre ainda ressalta que todas as famílias que passaram por esse momento de dor e sofrimento poderão depositar no pé dessa cruz uma vela recordando a vida que continua como luz a brilhar também pela eternidade. A cruz pesa aproximadamente uma tonelada e foi doada para a catedral.

No início deste mês, a obra da Catedral Nossa Senhora de Guadalupe foi iluminada, fazendo parte do roteiro natalino do Natal Águas e Luzes de Foz do Iguaçu.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Vacy Junior - H2FOZ

Vacy Alvaro é repórter e coordenador dos infográficos do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.