População já escolheu a logomarca do programa Vila A Inteligente

A disputa para escolher a logomarca do programa Vila A Inteligente foi apertada, mas a opção dois saiu na frente e vai dar a cara da iniciativa que transforma a Vila A, em Foz do Iguaçu, no primeiro bairro inteligente do país. Com a logomarca, fica tudo pronto para a divulgação das ações, que começam a ser vistas pela população da cidade.

A votação da logo foi aberta ao público, justamente para que os próprios cidadãos escolhessem a opção preferida de um projeto que tem como proposta envolver a comunidade, uma vez que as tecnologias que serão implementadas visam promover a melhoria do bem-estar e da qualidade de vida.

A opção dois, que obteve o maior número de votos, foi feita pela publicitária Jaqueline Ferreira dos Santos, do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), uma das instituições promotoras do programa, em conjunto com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), a Itaipu Binacional e a Prefeitura de Foz do Iguaçu.

A arte da logomarca escolhida usa a ligação de pontos, que representam as tecnologias instaladas, para formar as letras iniciais do nome do bairro (VA).

A logo vencedora (no alto) teve 32,6% dos votos.

“Agradecemos aos demais profissionais que, com suas expertises e criatividade, contribuíram com as outras opções de logomarca para o Vila A Inteligente. Ficamos satisfeitos em observar que começamos a atingir o objetivo de envolver a população no projeto”, afirma o diretor superintendente do Parque Tecnológico, general Eduardo Garrido.

“Esse é um projeto da cidade de Foz do Iguaçu, que começa pela Vila A, mas a depender do sucesso é possível estender para outras regiões da cidade e até para outros municípios do país”, complementa.

Em andamento

Na última semana, foi instalado na Concha Acústica do Gramadão da Vila A o Centro de Controle e Operações (CCO) do programa, espaço onde todas as tecnologias serão monitoradas.

Nesta segunda-feira, 23, foi iniciada a substituição dos quatro pontos de ônibus que se tornarão inteligentes. A estrutura terá uma tela com os horários do transporte coletivo, carregador para celular e uma iluminação própria, a fim de aumentar a segurança dos usuários.

Está prevista para esta semana, também, a implementação dos semáforos inteligentes nos quatro principais cruzamentos do bairro.

Além dessas soluções, a primeira fase da iniciativa, que deverá ser lançada nas primeiras semanas de dezembro, também contempla câmeras de monitoramento de placas e luminárias inteligentes que contam com câmeras de reconhecimento facial.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.