Prefeitura abre consulta on-line para a população opinar sobre o transporte coletivo

Serviço é alvo de reclamação constante de passageiros - Foto: Marcos Labanca/Arquivo

Os problemas, velhos conhecidos do passageiro, e propostas de melhorias podem ser anotados no formulário que está disponível na internet.

Está disponível de forma on-line uma consulta pública para que a população aponte problemas e sugestões de melhorias no transporte coletivo de Foz do Iguaçu. A ação é da prefeitura, por meio do Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans).

Clique para responder ao questionário: https://bit.ly/transportefoz.

O formulário disponível na internet é a primeira parte da pesquisa, que conta com outras três etapas, conforme a Agência Municipal de Notícias, que serão feitas em campo. Serão ouvidos usuários nas lotações, no terminal e nos pontos de ônibus.

Conforme a administração, as pessoas que não utilizam ou deixaram de usar o sistema público também serão consultadas. “A proposta é ouvir a população, que poderá avaliar o atual sistema de transporte, pontuar as dificuldades e sugerir melhorias”, disse o secretário da Transparência e Governança e mediador do Grupo de Trabalho do Transporte Coletivo, José Elias Castro Gomes.

Na enquete on-line, o participante poderá avaliar as condições dos veículos, terminal e pontos de ônibus. Ainda terá a opção de assinalar questões sobre o respeito e a cordialidade dos motoristas e cobradores, limpeza e segurança dentro dos ônibus.

“Também será possível selecionar itens importantes para maior conforto e comodidade dos usuários e apontar os principais meios de transporte utilizados”, informou a AMN. Entre essas alternativas estão carro, mototáxi, transporte por aplicativo, bicicleta ou outro.

Depois, virão as escutas feitas diretamente com a população. “Queremos saber do usuário qual é a maior dificuldade dele com o uso do transporte, se são as linhas, a demora, a qualidade do veículo”, declarou o superintendente do Foztrans, Licério Santos. Nessa fase se buscará identificar por que usuários deixaram de utilizar o sistema.

Problema que exige solução

Alvo de reclamação constante dos passageiros, a qualidade do transporte público em Foz do Iguaçu passou a ser ainda mais questionada durante a pandemia, com a retirada de ônibus pelas empresas do Consórcio Sorriso. Elas alegam diminuição de passageiros e perda de receita.

Ao usuário, sobraram os veículos lotados, mais tempo de espera nos pontos e no terminal e aumento do período gasto para os deslocamentos por ônibus. Esse conjunto de fatores ainda eleva a exposição da população ao risco de contágio pelo novo coronavírus.

Enquanto isso, pelo menos três comissões ou grupos de trabalho foram criados para encontrar soluções que melhorem o transporte coletivo em Foz do Iguaçu, as quais ainda não foram implementadas. Esses colegiados foram criados no âmbito da administração municipal, tendo à frente a Procuradoria, na Câmara Municipal e um grupo misto, que envolve empresas, sindicatos e prefeitura.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Paulo Bogler - H2FOZ tem 1454 posts e contando. Ver todos os posts de Paulo Bogler - H2FOZ

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.