Solução dos problemas do transporte coletivo é cobrada na Câmara

Viação Santa Clara compeltou um mês de atividade em Foz - Foto: Marcos Labanca/Arquivo

Reclamações dos passageiros são diárias, principalmente quanto à superlotação, atrasos e número insuficiente de ônibus.

Melhorias e soluções aos problemas do transporte coletivo em Foz do Iguaçu voltaram à pauta pública. Desta vez, vereadores apresentaram cobranças à gestão municipal durante a sessão da Câmara Municipal desta quinta-feira, 14.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

LEIA TAMBÉM:
Novo transporte coletivo de Foz tem pelo menos 19 ônibus com 11 e 12 anos de fabricação
EDITORIAL: ‘Novo’ transporte coletivo em Foz completa um mês, mas velhos problemas permanecem

O tema ganhou volume a partir do requerimento 428/2022, do vereador João Morales (DEM). No debate sobre o documento, outros parlamentares reforçam as cobranças, reproduzindo reclamações diárias de passageiros que utilizam o ônibus para deslocar-se em todas regiões da cidade.

“Estamos passando por uma grande dificuldade e esse requerimento vem para cobrar do Foztrans, da empresa, soluções”, começou João Morales. “Ficou claro e notório que não houve mudança no sistema. O que me preocupa é que o estudo inicial de 66 linhas estava aquém da realidade de Foz”, apontou o vereador.

Já Edivaldo Alcântara (PTB) lembrou que as reclamações são constantes. “Sabemos que é um contrato emergencial. Mas sabemos que quem usa o transporte tem necessidade para trabalhar. Acredito que tenha melhorado do que estava antes pra hoje, mas ainda precisa melhorar muito mais”, disse, enfatizando a necessidade de 100% de integração.

O requerimento aprovado pelo conjunto de vereadores cobra da prefeitura informações sobre o tempo de vida útil dos veículos – que deve de 6 anos na média e idade máxima de 12, e dados sobre superlotação. Pede, ainda, o que está sendo feito para solucionar os problema para o usuário.

Outro lado

A prefeitura, por meio do Foztrans, tem afirmado que trabalha para melhorar o sistema de transporte público e que há problemas que são da transição pelo fim do contrato anterior. Sustenta que está incluindo mais ônibus para circular e faz adequações nas linhas conforme demandas dos usuários. O órgão pede que as reclamações e sugestões sejam formalizadas no 156.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.