Heróis não vivem só de homenagem. Senado aprova piso salarial da enfermagem

Profissionais de enfermagem em Foz realizaram ato público no mês de maio pela aprovação do piso - Foto: Divulgação/Arquivo

Projeto beneficia enfermeiro, técnico, auxiliar e parteira; matéria vai para análise dos deputados federais.

Projeto estabelecendo o piso salarial nacional da enfermagem foi aprovado pelo Senado Federal na noite dessa quarta-feira, 24. A matéria é de autoria do senador Fabiano Contarato (Rede/ES) e segue agora para deliberação na Câmara dos Deputados.

Reivindicação história da categoria, reverenciada como de heróis na pandemia, a medida beneficia enfermeiro, técnico e auxiliar de enfermagem, e também parteira. O projeto estabelece o mínimo inicial para enfermeiros no valor de R$ 4.750, para jornada de trabalho de 30 horas semanais.

Em relação ao piso dos demais profissionais, o projeto fixa: 70% do piso nacional dos enfermeiros para os técnicos de enfermagem e 50% do piso nacional dos enfermeiros para os auxiliares de enfermagem e as parteiras. São valores nacionais.

Em maio deste ano, profissionais da enfermagem em Foz do Iguaçu fizeram carreata e protesto pela aprovação do projeto no Senado e para lembrar os trabalhadores da saúde mortos na cidade exercendo a função no combate à covid-19. A categoria usou a Praça da Paz, expondo balões e cruzes.

Leia também:

Enfermagem realiza carreata em Foz por piso salarial e melhorias na carreira

Profissionais de enfermagem: carreata em Foz pede piso salarial e melhoria nas condições de trabalho

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Blog da Redação

Blog da Redação é de responsabilidade dos jornalistas do Portal H2FOZ. Veja mais mais conteúdo do autor.

Blog da Redação tem 0 posts e contando. Ver todos os posts de Blog da Redação

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.