Blog pelo Paraná – Independência ao BC, Efeitos da pandemia, Maiores do Sul, Saldo de votações, Fator de risco, Enem 2021, Testou positivo.

Independência ao BC
Ao fazer um balanço dos projetos discutidos no Senado em 2020, o senador Oriovisto Guimarães (Podemos), afirmou que o projeto que dá independência ao Banco Central é o mais importante votado pelo Senado no ano. “A independência do Banco Central foi uma aprovação fascinante do Senado. Mas ainda precisa ser aprovada na Câmara. É uma medida que coloca o Brasil em igualdade de condições com a maioria dos países desenvolvidos”, disse Oriovisto.

Efeitos da pandemia
Desde a assinatura do decreto 4.319, de 23 de março, que declarou estado de calamidade pública no Paraná, um dos maiores desafios da gestão das contas públicas em 2020 foi assegurar os recursos necessários para o funcionamento de uma nova estrutura médico-hospitalar criada para dar atendimento às vítimas do novo coronavírus. Outra preocupação foi de dar suporte à execução de programas sociais voltados à população mais necessitada.

Efeitos da pandemia II
Para atender aos novos desafios gerados pela pandemia, o Paraná adotou a divulgação dos dados mensais da Receita Corrente Líquida e do Demonstrativo de Gastos com Pessoal para controle dos gastos e para equilíbrio das contas. “O Governo do Paraná tem o compromisso de ser transparente, e a divulgação destes dados é importante para que a sociedade possa acompanhar de perto os efeitos da pandemia sobre a economia do estado”, diz o secretário da Fazenda, Renê Garcia Junior.

Maiores do Sul
Levantamento anual feito pelo grupo Amanhã e pela consultoria PwC Brasil mostra que o agronegócio paranaense foi destaque no ranking das 500 Maiores do Sul. Entre as 100 maiores marcas do Sul, 17 são empresas ligadas ao agribusiness do Paraná, sendo que 13 são cooperativas de produção com sede no estado. A Coamo entrou mais uma vez para as Top 10, se mantendo na 6ª posição, com uma receita líquida de R$ 13,195 bilhões.

Saldo de votações
O líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP), afirmou nesta semana que o saldo das votações no Legislativo neste ano foi positivo, apesar do período desafiador. “Em poucos meses, conseguimos aprovar muitas matérias de grande relevância no enfrentamento dos impactos econômicos e na saúde provocados pelo coronavírus”, destacou Oriovisto.

Saldo de votações II
Segundo Ricardo Barros, “o trabalho em harmonia com os partidos” permitiu, por exemplo, a aprovação da regulamentação do Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda. “Essa iniciativa é complementada pelo Programa Emergencial de Acesso ao Crédito, também votado na Câmara, que liberou R$ 20 bilhões para garantir a sobrevivência de empresas brasileiras durante esse período”, disse Barros.

Sessões remotas
O senador paranaense Flávio Arns (Podemos) destaca que a rápida decisão do Senado de adaptar-se às sessões remotas permitiu que os parlamentares dessem respostas rápidas às necessidades da sociedade brasileira, em meio à pandemia. “Graças ao sistema remoto, e o Brasil foi pioneiro nisso, conseguimos aprovar muitas leis importantes, como o auxílio emergencial e o apoio a estados e municípios em função da perda de arrecadação”, comenta.

Fator de risco
O Paraná já confirmou 398.806 casos de covid-19 nesses dez meses de pandemia no Estado. Segundo dados Sesa,  mais de 7.621 morreram por complicações da doença. Levantamento feito pela Secretaria Estadual mostra que 81% tinham pelo menos um fator de risco associado e 19% não apresentavam nenhuma comorbidade. Entre os mortos com fatores de risco, 76, 38% eram idosos, 47,49% tinham doença vascular e 32, 40 % eram diabéticos.

Enem 2021
O Inep disponibilizará a partir do dia 5 de janeiro de 2021 o Cartão de Confirmação de Inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. O cartão contém número de inscrição, data, hora e local do exame. As provas do Enem serão realizadas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 (versão impressa) e em 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021 (versão digital). Ao todo, 5.783.357 inscrições foram confirmadas.

Testou positivo
O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, testou positivo para Covid-19. Segundo nota da assessoria  de imprensa da  Vice-Presidência, o resultado foi confirmado na tarde deste domingo. O general Mourão ficará em isolamento no Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente.

Mutações
Começou a valer na sexta-feira (25) a proibição de entrada no Brasil de voos com origem ou passagem pela Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte nos últimos 14 dias. As novas regras, que atendem a uma recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), foram tomadas diante da identificação de duas novas mutações do novo coronavírus no Reino Unido.

Nova cepa
O Reino Unido confirmou uma nova cepa do Sars-CoV-2 que seria altamente transmissível, mais de 50 países iniciaram bloqueios de fronteiras. Essas mudanças no vírus inicial são como novas identidades genéticas que mostram que o micro-organismo não é exatamente o mesmo apresentado pela primeira vez em janeiro de 2020, quando os casos começaram a ser estudados pela ciência. Especialistas dizem que ainda não há motivo para pânico, mas defendem medidas restritivas para evitar maior transmissão.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

Associação dos Diários do Interior – PR

A coluna “Pelo Paraná” é de responsabilidade da ADI-PR (Associação dos Jornais Diários do Interior do Paraná) Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.