Alerta para covid-19: força-tarefa faz fiscalização no centro e em três bairros de Foz nesta segunda

H2FOZ – Paulo Bogler

Regiões iguaçuenses do centro, Maracanã, Porto Meira e Campos do Iguaçu passarão por fiscalização de uma força-tarefa nesta segunda-feira, 7, que vai monitorar o cumprimento de medidas restritivas de contenção à covid-19. Atuarão na operação equipes da Guarda Municipal, Secretaria da Fazenda, Vigilância Sanitária e orientadores do município. 

Leia também:

Toque de recolher em Foz abrange Centro, Maracanã, Campos do Iguaçu e Porto Meira

Foz do Iguaçu chega a 70 mortes por covid-19

De acordo com a Agência Municipal de Notícias (AMN), o ponto de encontro da força-tarefa será na sede da Guarda Municipal às 20h. Do local, sairão para percorrer itinerário abrangendo as quatro regiões de Foz do Iguaçu. A legislação prevê multa de até R$ 8 mil a empresas e pessoas que descumprirem as medidas de controle da pandemia. 

No sábado, 5, três decretos da prefeitura (leia na íntegra) determinaram restrições nessas áreas, identificadas com o alerta vermelho da classificação epidemiológica, devido ao alto número de casos ativos de covid-19. As normas reduzem a circulação de pessoas, restringem o horário de funcionamento comercial e instituem toque de recolher. 
Conforme a AMN, o centro e os três bairros somam atualmente 65 casos ativos da doença, sendo:

– centro e Maracanã: 30;

– Porto Meira: 24; e

– Campos do Iguaçu: 11. 

As medidas restritivas no centro, Maracanã, Campos do Iguaçu e Porto Meira determinam o encerramento das atividades comerciais, gastronômicas, de serviços e religiosas coletivas às 20h. 

O distanciamento social ampliado, que é o toque de recolher, deve vigorar nessas regiões das 21h às 5h. Nesse período, é “proibida a circulação de pessoas, salvo por motivo de força maior, justificada”, em casos como:

– compra de medicamentos e produtos veterinários;

– comparecimento, próprio ou de outra pessoa, a consultas ou realização de exames médico-hospitalares;

– para realizar trabalho (função nas áreas de saúde, segurança e assistência social); e

– para retorno às suas residências dos trabalhadores que exerçam atividades fora do perímetro, cuja jornada exceda o horário determinado pelo toque de recolher. 

ATUALIZAÇÃO DA MATÉRIA às 15h30 para alterar o horário de concentração da força-tarefa para 20h, conforme adequação informada pela prefeitura. 

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.