Internado com fratura na perna em Ciudad del Este, jovem morre de covid-19

H2FOZ

A família do jovem Robert Guachire, de 22 anos, não se conforma. O rapaz sofreu um acidente de moto, no sábado, 14, e foi levado para uma clínica e depois para o Hospital de Trauma, em Ciudad del Este.

Ele tinha fratura numa das pernas. Pouco tempo depois, foi trasladado para um hospital de Assunção e morreu de covid-19, no início desta semana, noticia o site Crónica.

A irmã dele, Lilian, contou numa rede social que o hospital de Ciudad del Este fez exames no jovem. Ele apresentava infecção urinária, mas na tomografia nada foi encontrado.

Na segunda-feira, 17, ele começou a ter febre e enjoo, pela manhã, mas à tarde já estava melhor. No dia seguinte, também aparentava estar bem, mas logo teve dificuldade respiratória. Foi levado à emergência, fizeram nova tomografia e suspeitaram de covid-19.

Imediatamente Robert foi encaminhado ao Instituto Nacional de Enfermidades Respiratórias e do Ambiente (Ineram), em Assunção, onde morreu horas depois.

O resultado do teste de covid-19 ainda não havia saído quando o Crónica publicou a reportagem, mas os médicos presumem que ele morreu por causa do novo coronavírus.

Assintomático

O diretor do Hospital de Trauma, doutor Agustín Saldivar, relatou ao Crónica o que aconteceu: “Ele (Robert) se acidentou em 14 de agosto, às 22h30, em Ciudad del Este. Foi internado inicialmente numa clínica e logo foi trasladado para cá (Hospital de Trauma). Estava internado por uma fratura de fêmur e logo começou a descompensar-se e, finalmente, ontem (segunda-feira) foi levado ao Ineram, devido a todo o quadro respiratório que apresentava”.

Na opinião do médico, o jovem deveria ser um caso assintomático de covid-19. O acidente agudizou o quadro respiratório.

“A última tomografia que foi feita indicava um quadro pulmonar típico (de covid)”, disse. Mas somente o resultado do exame é que vai confirmar, segundo dr. Agustín Saldivar.

 

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.