Pior mês da pandemia, dezembro já soma 73 mortes por covid-19, em Foz

Os números desta quarta-feira, 30: com mais 118 novos casos registrados nas últimas 24 horas, Foz do Iguaçu soma 18.201 casos confirmados de covid-19, dos quais 17.398 (95,59%) se recuperaram, segundo o informe da Vigilância Epidemiológica.

Houve também três mortes, e o total subiu para 262 óbitos. As últimas vítimas são duas mulheres de 56 e 92 anos e um homem de 84 anos. A primeira mulher morreu durante atendimento do Samu, enquanto a segunda estava internada no Hospital Ministro Costa Cavalcanti. O homem faleceu no Hospital Municipal Padre Germano Lauck.

Dos 118 novos casos, três pessoas estão internadas e 115 encontram-se em isolamento domiciliar. Dos casos confirmados, 444 estão em isolamento domiciliar com sinais e sintomas leves e 97 pessoas estão internadas, 68 delas em unidades de terapia intensiva.

Dezembro foi o mês com mais mortes por covid-19, em Foz. Até agora, foram 73 mortes em 30 dias, bem superior ao segundo mês com mais óbitos: novembro, com 45. E a taxa de letalidade, por consequência, também aumentou. No dia 26, estava em 1,43% em relação ao total de casos; agora, foi para 1,44%.

Nos sete dias até esta quarta-feira, 30, a média móvel de casos confirmados foi de 97 por dia, um decréscimo em relação há 14 dias.

No mapa do calor, veja as regiões da cidade com maior registro de casos:

 

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é repórter do H2FOZ.e-mail: [email protected]Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.