Setorial repudia agressão a músico em Foz

["Agress\u00e3o ocorreu no palco, enquanto artista fazia um show "](Foto: Pixabay)

O Setorial da Música de Foz do Iguaçu, grupo de músicos reunidos nos termos do decreto n° 3.645, de 10 de dezembro de 2009, vem a público lançar nota de repúdio aos fatos ocorridos na data de 11 de janeiro de 2019, na casa noturna Guns and Beer Pub, onde o músico toledense Douglas Brito foi agredido, aparentemente, de maneira gratuita, por um espectador.

Todo evento musical é uma expressão de cultura, e, como tal, merece respeito e proteção para que não se volte a repetir episódios lastimáveis como o ocorrido no último final de semana e outros como aquele onde um comerciante do bairro Vila C se insurgiu com uma máquina de veneno contra crianças que participavam de um ensaio de Maracatu no contraturno escolar, no ano de 2017.

O Setorial da Música de Foz do Iguaçu se solidariza ao músico Douglas Brito e acredita na punição dos agressores.

O músico, como todo artista, deve ser respeitado no exercício de sua profissão, independentemente de estilo ou gênero musical.

Foz do Iguaçu, 14 de janeiro de 2019

Setorial da Música de Foz do Iguaçu

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected]h2foz.com.br Veja mais mais conteúdo do autor.

Paulo Bogler - H2FOZ tem 1348 posts e contando. Ver todos os posts de Paulo Bogler - H2FOZ