Dados do emprego foram divulgados pelo Ministério da Economia, nesta quinta - Marcos Santos/USP Imagens

Com 48 vagas em junho, Foz do Iguaçu patina na geração de empregos

Foram 1.991 admissões e 1.943 desligamentos no mês, conforme dados do Caged.

Gerar emprego de forma contínua e sustentada continua sendo um desafio para Foz do Iguaçu. Em junho, a cidade criou apenas 48 vagas, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), divulgados pelo Ministério da Economia nesta quinta-feira, 29.

Leia também:

Foz do Iguaçu ‘respira’ e tem saldo de 252 empregos em maio

Esse resultado é a diferença entre 1.991 contratações e 1.943 desligamentos realizados durante o sexto mês de 2021. O Caged mede apenas as admissões e demissões de trabalhadores com carteira assinada, sem aferir o emprego e o desemprego informais.

A cidade enfrentou o derretimento de vagas no ano passado, com a perda de 4,6 mil ocupações. O saldo foi positivo em janeiro e fevereiro de 2021, e negativo nos dois meses seguintes, em março e abril. O mês de maio registrou 252 ocupações.

Painel do Caged com dados do emprego em Foz do Iguaçu – Foto: Reprodução

Neste ano, entre janeiro e junho, o saldo é de 950 empregos criados, sendo 13.743 contratações e 12.793 desligamentos. No acumulado dos últimos 12 meses, de julho de 2020 a junho de 2021, o saldo é de 2.161 ocupações – 26.079 admissões e 23.918 demissões.

O Paraná criou 15.858 postos de trabalho com carteira assinada em junho. Segundo o governo, foi o maior saldo da Região Sul e a quarta posição no país. No estado, 71% dos municípios (283) tiveram números positivos na abertura de vagas no mês passado.

Na Região Oeste, destacam-se os resultados de Cascavel e Toledo no mercado de trabalho. As duas cidades figuram na lista dos dez municípios que mais geraram empregos no mês de junho e no primeiro semestre deste ano.

Dez cidades paranaenses que mais geraram empregos em junho (*):

  1. Curitiba: 3.182
  2. Londrina: 1.298
  3. São José dos Pinhais: 1.031
  4. Cascavel: 835
  5. Maringá: 726
  6. Campo Largo: 406
  7. Apucarana: 279
  8. Toledo: 268
  9. Umuarama: 248
  10. Ponta Grossa: 227

Dez cidades paranaenses que mais geraram empregos no 1º semestre de 2021 (**):

  1. Curitiba: 27.187
  2. Cascavel: 6.002
  3. Maringá: 5.398
  4. Londrina: 4.751
  5. São José dos Pinhais: 3.830
  6. Toledo: 3.392
  7. Pato Branco: 1.999
  8. Ponta Grossa: 1.867
  9. Umuarama: 1.736
  10. Cambé: 1.715

* Fonte: Agência Estadual de Notícias.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Paulo Bogler - H2FOZ tem 1283 posts e contando. Ver todos os posts de Paulo Bogler - H2FOZ

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.