Economia do Paraguai é a que mais vai crescer na América do Sul

Paraguai encabeça a lista dos países que devem ter melhor resultado econômico em 2022. Foto Agência IP
Siga a gente no

Previsão é da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal). Veja os índices.

O Paraguai terá o melhor desempenho econômico neste ano, conforme um balanço preliminar feito pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal).

Enquanto o Produto Interno Bruto do Brasil deve aumentar apenas 0,5%, em 2022, o PIB paraguaio deverá subir 3,8% ao longo deste ano, o melhor desempenho dos países da América do Sul, conforme noticia a Agência IP.

Outros países com desempenho próximo ao do Paraguai serão a Colômbia (3,7%), a Bolívia (3,2%), o Uruguai (3,1%), a Venezuela e o Peru (ambos com crescimento de 3%).

Com desempenho mais baixo, porém melhor que o brasileiro, ficarão o Equador (2,6%), a Argentina (2,2%) e o Chile (1,9%).

A Cepal também apontou o nível de endividamento público dos países da região, em que o Paraguai também se destaca positivamente.

A dívida pública do Paraguai equivale a 29% do Produto Interno Bruto, o melhor índice da América do Sul.

A situação da Argentina é a pior, com 91,1% do PIB em dívida pública, seguida do Brasil, com 83%.

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

-->