Indústria veterinária da Argentina investe R$ 100 milhões em cidade do estado

Nova fábrica tem capacidade para produzir 10 milhões de doses de vacinas animais por ano; é a primeira operação do grupo no país.

Apoie! Siga-nos no Google News


Indústria veterinária, a argentina Biogenesis Bagó inaugurou no Paraná a sua primeira operação, investindo R$ 100 milhões no empreendimento. A empresa fica em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba.

LEIA TAMBÉM: Sicoob da Avenida República Argentina, mais amplo e moderno para a comunidade

A nova fábrica deve gerar 300 empregos diretos e indiretos, além de ajudar a diversificar a economia paranaense. A especialidade é o desenvolvimento e produção de soluções para saúde animal.

A capacidade de produção anual da nova fábrica será de mais de 10 milhões de doses de vacinas. Isso coloca Biogenesis Bagó como a primeira empresa da América Latina em capacidade de produção para animais de companhia, informa a Agência Estadual de Notícia (AEN).

A fábrica terá como foco inicial a produção de três vacinas veterinárias:

  • tríplice felina; e
  • uíntupla/sêxtupla – em duas versões, com e sem leptospira.
Inauguração da nova fábrica reuniu empresários e agentes públicos – foto: Gabriel Rosa/AEN

“Estamos fazendo tudo o que for possível para que estas empresas que escolheram o Paraná sejam bem atendidas e recebam todo o apoio”, disse o governador em exercício Darci Piana. Isso é “para que cresçam junto com o Paraná, com o nosso país e com a América do Sul.”

O country manager da empresa no Brasil, Marcelo Bulman, destacou que a fábrica permitirá a expansão para novos mercados a partir do Paraná. “Esse investimento nos permitirá ampliar nossa capacidade de produção e fortalecer nosso portfólio completo de animais de companhia e de produção”, expôs.

Indústria veterinária

A planta industrial tem área total construída de 4 mil metros quadrados. A fábrica também será um centro tecnológico de produção, pesquisa e desenvolvimento de novos produtos, além de servir como distribuidor logístico para a região.

“A empresa contará com uma fábrica com mais alta tecnologia para produção de comprimidos mastigáveis e vacinas vivas atenuadas da América Latina”, informou a AB. O novo polo amplia a presença da Biogenesis Bagó, unindo-se a projetos na Arábia Saudita, China e Coreia do Sul.

(Com informações da Agência Brasil)

LEIA TAMBÉM
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.