Qualidade de vida, CEUs, Ambulâncias, Boa para morar e Cidadania

Coluna da Associação dos Jornais Diários do Interior, 6 de julho de 2024.

Apoie! Siga-nos no Google News

Qualidade de vida
O Paraná aparece em quarto lugar em um estudo nacional de qualidade de vida feito a partir da utilização do Índice de Progresso Social Brasil (IPS). Os primeiros colocados são Distrito Federal, São Paulo e Santa Catarina. Uma das áreas em que o Paraná se destaca é em moradia. O bom resultado reflete a política habitacional do Governo do Estado, o programa Casa Fácil Paraná.

Qualidade de vida II
O ranking também mostra pela primeira vez dados detalhados dos 5,7 mil municípios do País. Entre as capitais, Curitiba aparece em quinto lugar. O Paraná também tem uma cidade na lista dos 20 municípios melhores ranqueados: Maringá está em 15º.

CEUs
O Ministério da Cultura já empenhou R$ 29,2 milhões para a construção de unidades do CEU (centro de cultura, esporte e lazer) do Novo PAC em 14 cidades do Paraná: Almirante Tamandaré, Cambé, Campo Largo (dois), Colombo, Fazenda Rio Grande, Foz do Iguaçu (no Bubas), Ibiporã, Mandaguaçu, Paiçandu, Pinhais, Rio Branco do Sul, Santa Terezinha de Itaipu, São José dos Pinhais e Sarandi. Cada unidade terá em média dois mil metros e custará R$ 1,9 milhão.

Ambulâncias
Mais 280 novas ambulâncias pelo Governo Federal nas próximas semanas, o Paraná vai receber 14 unidades e atender as cidades de Colombo, Cornélio Procópio, Itapejara D’Oeste, Jacarezinho, Londrina, Mandaguaçu, Mangueirinha, Missal, Pinhais, Planalto, Primeiro de Maio, São Jerônimo da Serra, São José dos Pinhais e Uraí. Cada unidade custa em torno de R$ 320 mil.

Doação
A CCJ da Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei do governo federal que autoriza a doação de dois helicópteros da Polícia Federal para o Paraguai. As aeronaves serão utilizadas no policiamento da fronteira entre os dois países. As aeronaves (modelo 412 Classic, da Bell Aircraft) serão doadas em seu estado atual de conservação. Caberá à PF arcar com os custos do trajeto Brasília-Foz do Iguaçu, onde ocorrerá a transferência para o Paraguai. O projeto tramitou em caráter conclusivo e segue ao Senado, a menos que haja recurso para votação pelo plenário da Câmara.

Novos serviços
A CCJ também aprovou proposta que acrescenta as agências de turismo receptivo entre as modalidades do setor. Além da prestação de outros serviços de interesse dos viajantes, as agências terão como atividades: recepção, transferência e assistência ao turista na cidade de destino; criação e execução de passeios e roteiros; e acolhimento turístico.

Que fofo
A CCJ da Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que prevê o plantio de uma árvore ornamental ou frutífera em área urbana a cada registro de nascimento de criança nas cidades brasileiras. O texto institui o ”Projeto nasce uma criança, planta-se uma árvore’, substitutivo do relator, deputado Pedro Lupion (PP) ao projeto do deputado Carlos Henrique Gaguim (União-TO).

Boa para morar
O Paraná tem 11 cidades entre as 200 melhores para se viver no Brasil, conforme o Índice de Progresso Social (IPS) de 2024. Esta foi a primeira vez que a metodologia foi aplicada no país. Na ordem estão: Maringá (15ª ), Curitiba (27ª), Floraí (38ª), Quatro Pontes (50ª ), Umuarama (57ª), São Manoel do Paraná (79ª ), Cornélio Procópio (80ª ), Londrina (111ª), Cafelândia (136ª), Nova Santa Rosa (156ª ) e Ponta Grossa (166ª ).

Boa para morar II
Para chegar ao cálculo do ranking, o IPS divide três aspectos principais: necessidades humanas básicas; fundamentos para o bem-estar; e oportunidades. As três classificações também são divididas em outras quatro dimensões, como moradia, acesso à saúde e ao ensino superior.

Itaipu na fita
O MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) atualizou a lista das 20 empresas mais inovadoras do Brasil e a Itaipu Binacional entrou no ranking. Os setores de tecnologia, seguro, finanças e eletricidade foram os que mais apareceram. Entre as empresas estão o IFood, Bradesco Seguros, Vivo, Ambev e O Boticário. É a 3ª edição da pesquisa, que avaliou duas mil empresas este ano. Para chegar ao resultado, as empresas foram divididas por segmento de atuação e analisadas sob quatro perspectivas diferentes: gestão, marketing, processos e produtos.

Menas
O senador Sérgio Moro (União) questionou o indiciamento do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) pela PF no inquérito das joias. “Lula não foi indiciado por peculato por se apropriar de presentes que recebeu na Presidência. Mesmo durante a Lava Jato tudo foi tratado como uma infração administrativa dada a ambiguidade da lei. Os crimes foram outros. Há uma notável diferença de tratamento entre situações similares”, escreveu Moro nas redes sociais.

Cidadania
Curitiba tem o primeiro Centro de Cidadania destinado a oferecer serviços jurídicos, psicológicos, sociais, além de saúde, educação, prevenção de ISTs e capacitação profissional para a população LGBTQIA+. O projeto foi viabilizado com o apoio da deputada federal Carol Dartora (PT).

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

LEIA TAMBÉM
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.