Pontos importantes quando se opta por trabalhar com diferentes fornecedores

Quando começa a empreender, especialmente em se tratando de uma loja, é comum que se tenha dúvidas a respeito de como lidar com a questão de fornecedores. Mesmo que o estabelecimento seja virtual, é sempre necessário contar com outras empresas que forneçam as mercadorias para tal intento.

A questão da qualidade é uma das mais observadas, já que é necessário dispor de bons produtos a fim de se conquistar a clientela. Isso, entretanto, não é o único fator a ser verificado. Algo que se cogita com frequência é a adoção de vários fornecedores ao invés de se estabelecer interação com apenas um.

As vantagens de se contar com vários fornecedores:

  • Mais novidades ao cliente:

Contando-se com mais de uma fonte de fornecimento de produtos torna-se mais fácil ter contato com o que é novidade. Isso é vantajoso em praticamente todos os segmentos, possuindo ainda mais valor em se tratando de produtos que envolvam a moda. Trata-se de uma forma de comportamento de consumo a busca pelo que possa ser mais atrativo e lançado recentemente.

  • Possibilidade de se compor o estoque com maior eficácia:

De nada adianta adquirir uma quantidade elevada de mercadorias, se estas não agradarem a clientela. Ainda que este possa ser um risco a ser gerenciado pelos empreendedores, a boa notícia é que isto pode ser contornado. Por conta de se trabalhar com vários fornecedores, os estoques passam a receber itens de produções igualmente variadas, representando estilos que atendam melhor às demandas de vendas.

  • Preços mais atraentes de importação:

Quando compra produtos em grande quantidade, é comum que o empreendedor consiga melhores preços. Isso pode ser melhorado, já que algumas companhias costumam cobrir o preço dos fornecedores concorrentes. Desse modo, ao importar produtos de diferentes fornecedores, assim como desembolsar menores quantias, o empresário também poderá fazer alguns abatimentos aos seus consumidores.

Formas de importação por meio de fornecedores diferentes:

Ao se abordar a comercialização de produtos, é fundamental destacar que a China representa um importante mercado fornecedor. Há tempos os produtos lá fabricados são responsáveis pelo abastecimento de uma infinidade de áreas, que vão desde os suprimentos de escritório até brinquedos.

O empreendedor da atualidade, qualquer que seja o porte do seu empreendimento, tem possibilidades de se relacionar com empresas fornecedoras de maneira bastante fluida. Em termos de importação, existem companhias que estabelecem transações de forma direto com os seus clientes, outras, contudo, contam com empresas que fazem intermediação de vendas. Saiba mais sobre as possibilidades:

  • Por meio de trading:

Algumas corporações se especializaram em oferecer atendimento para importações e exportações. Isso foi responsável por aquecer o comércio internacional nos últimos anos. No que tange aos negócios de grande porte, preços e prazos bastante flexíveis são uma realidade. Atualmente, no entanto, os empreendimentos de pequeno porte passaram a contar com tais benefícios, o que alavancado ainda mais as vendas.

Em se tratando das empresas de trading, vale destacar que estas têm o perfil de intermediar tais transações, mas com a peculiaridade de fornecerem menores quantidades de produtos a um mesmo comprador. Além disso, este tipo de companhia costuma padronizar suas operações, adequando-se às exigências legais para que não sejam barradas por motivos alfandegários, por exemplo.

  • Direto da fábrica:

Muitas são as indústrias presentes em todo o mundo. Algumas delas vendem itens com grande valor cultural, outras, entretanto, voltam-se mais às produções de mercadorias em série, tais como cosméticos, perfumes, roupas, ferramentas, calçados, etc. Com isso, pode ser tentador fazer aquisições de forma direta com tais fábricas.

O que se deve considerar em comercializações desta natureza é o fato de que as fábricas são responsáveis por vendas em grandes volumes. Por conta de algumas dessas unidades fabris ainda serem novas no mercado, não é incomum que apresentem dificuldades quanto aos trâmites burocráticos, o que deve ser bem analisado antes que o importador decida fechar negócio.

Sempre que possível, verifique a reputação dos fornecedores:

Pode parecer algo bastante difícil de se saber, mas há maneiras de verificar se uma empresa que atua neste meio apresenta posicionamentos de fato confiáveis. Uma das formas de se fazer isso é pesquisando sobre a corporação na internet. Ainda que não se possa fazer afirmações com absoluta certeza, ter conhecimento sobre como um dado estabelecimento lida com outros parceiros comerciais é importante.

Outros fatores podem dar pistas se a empresa com quem se faz negócio é séria. Um deles é o tempo que esta leva para prestar informações acerca das encomendas que serão feitas. Caso se perceba muita demora ou até mesmo descaso por parte da companhia, deve-se ponderar a respeito da procura de um outro fornecedor.

Uma boa estratégia fazer a compra inicial contando-se com um pequeno volume de mercadorias. Essa postura, ainda que implique em um risco, representará menores dados ao empreendedor.

 

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.