Concurso público para carreira estadual prevê R$ 22 mil de remuneração

Órgão confirma a seleção e detalha provas e conhecimentos a serem exigidos, e áreas da administração à TI.

Apoie! Siga-nos no Google News

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) confirmou concurso público para o cargo de auditor de controle externo em 2024. O certame exigirá graduação nas áreas administrativa, contábil, econômica, de engenharia, jurídica e de tecnologia da informação (TI).

LEIA TAMBÉM:
Emprego público: órgão anuncia 85 vagas e salário a partir R$ 4,9 mil
Concurso público com mais de 6 mil vagas federais divulga novo calendário

A projeção é de que seja disponibilizada, inicialmente, pelo menos uma vaga em cada uma dessas áreas, além da formação de cadastro de reserva. A entidade organizadora do certame está sendo escolhida.

“Estima-se que o edital será publicado no início de 2024 e que as provas sejam realizadas até o final do primeiro semestre”, afirma o conselheiro-substituto Tiago Alvarez Pedroso. Ele também é o presidente da Comissão do Concurso Público do TCE-PR.



O órgão projeta que serão cobradas cem questões de múltipla escolha, na prova objetiva, entre conhecimentos gerais e específicos; e uma prova discursiva. As duas deverão ser realizadas em um único final de semana, e não está prevista prova de títulos.

Hoje, o TCE-PR possui 89 cargos vagos, que poderão ser preenchidos durante o prazo de validade do concurso. A remuneração atual de auditor de controle externo é de R$ 22.460,20 (incluindo vencimento básico e verba de representação).

Os servidores efetivos recebem os benefícios de auxílio-alimentação e auxílio-saúde. Além de auxílio-creche, pago a quem tem filhos de até 6 anos matriculados em creche ou pré-escola, computa do Tribunal de Contas.

Conhecimentos

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná antecipou que os conhecimentos específicos que devem ser cobrados para cada área são os seguintes:

  • Engenharia: obras – planejamento, normas, fiscalização e legislação, obras de edificações, obras hídricas e de saneamento básico, obras rodoviárias.
  • Contábil: contabilidade geral, contabilidade pública, matemática financeira e estatística.
  • Jurídica: direito administrativo, direito constitucional, direito financeiro, direito previdenciário, direito penal, direito civil, direito processual civil e direito tributário.
  • Econômica: economia e demografia do Paraná, economia brasileira contemporânea, microeconomia, economia do setor público, sistema financeiro nacional, avaliação econômica de projetos e ativos e estatística.
  • Tecnologia da Informação: engenharia de software, infraestrutura de TI, contratações em TI, segurança da informação e ciência de dados.
  • Administrativa: administração geral, administração pública, gestão de pessoas, gestão de processos e da qualidade, gestão de riscos e administração da produção e financeira.

(Com informações do Tribunal de Contas do Paraná)

LEIA TAMBÉM