Sinprefi denuncia: Maio já tem mais casos de Covid-19 entre educadores que total de abril

Já são 48 os casos de contaminação por COVID-19 comunicados por educadores ao Sindicato dos Professores e Profissionais da Rede Pública Municipal de Foz do Iguaçu (SINPREFI) nestes 21 dias do mês de maio. Média de dois novos casos por dia. O levantamento parcial já supera o número de casos registrados em todo o mês passado, quando foram comunicados 15 casos ao sindicato pela Diretoria de Saúde Ocupacional (DISO).

O SINPREFI já identificou o fechamento da escola municipal João XXIII (Morumbi), no início do mês, e recebeu denúncias de que há profissionais contaminados em pelo menos outras nove escolas municipais e em seis CMEI´s que ainda não foram fechados.

Os profissionais da educação cumprem horário de trabalho de forma presencial em todas as escolas e CMEI´s do município desde o início do mês, mesmo sem a presença de alunos. Cinco escolas da rede estão recebendo alunos conforme projeto-piloto da prefeitura.

“Os profissionais temem pela própria saúde e pela saúde das pessoas da comunidade escolar que acessam as escolas para retirar atividades e cestas básicas”, enfatiza a presidente do sindicato, Marli Maraschin de Queiroz. Reunindo números repassados pela DISO e os informados pelos educadores, a rede pública municipal de Foz do Iguaçu já soma quase 200 casos de profissionais com a doença desde fevereiro. Isso significa que um de cada dez educadores da rede municipal se contaminou neste período. Foram registradas oito mortes de educadores da ativa, além de um óbito de profissional aposentado em decorrência da doença. O SINPREFI também recebeu diversos relatos de profissionais que ficaram com sequelas em decorrência da COVID-19.

Por enquanto, apenas educadores com mais de 50 anos estão sendo vacinados, os demais aguardam a chegada de novos lotes de vacina. O SINPREFI considera que a prefeitura adota medidas conflitantes insistindo no modelo de aulas presenciais, já que o número de casos de COVID-19 no município gera lockdowns no comércio e toque de recolher por causa da ocupação em 100% da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal Padre Germano Lauck.

Quem são os profissionais representados pelo SINPREFI?

O SINPREFI representa cerca de 2.000 profissionais que atuam na área da educação municipal, entre eles: professores, secretários de escola, coordenadores, diretores, agentes de apoio, auxiliares de serviços gerais e merendeiras. Esses profissionais trabalham na Educação Infantil (CMEI´s) e nos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano), portanto são responsáveis por crianças de 6 meses a 10 anos (aproximadamente).

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.