Reta final: candidatos à Prefeitura de Foz arrecadam R$ 1,6 milhão para campanha

Metade dos valores é de dois concorrentes; uma candidatura não movimentou recursos.

H2FOZ – Paulo Bogler

A pouco mais de uma semana da eleição municipal, os nove candidatos a prefeito de Foz do Iguaçu contabilizam, juntos, R$ 1.648.020 em receitas para a campanha. O valor máximo que pode ser gasto por concorrente é de R$ 1,8 milhão, e não é permitida a doação de empresas.

Leia também:

Candidatos a prefeito de Foz informam R$ 762 mil em recursos recebidos; 90% são de dinheiro público

Os valores correspondem a repasses dos fundos eleitoral e partidário, recursos próprios e doações de pessoas físicas angariados desde o início da corrida eleitoral. As contribuições para campanha poderão ocorrer até 15 de novembro, ou após a data do pleito para dívidas já contraídas.

Os prefeituráveis Paulo Mac Donald (Podemos) e Chico Brasileiro (PSD) lideram o ranking com o maior volume de recursos destinados à campanha. Somente Alemão (PCdoB) não registrou nenhum valor no portal oficial que reúne as informações sobre candidaturas e contas.

Paulo Mac Donald reportou R$ 468.500 em recursos, e Chico Brasileiro anotou R$ 401.600 em valores recebidos. Essa quantia representa 52,7% do total de R$ 1.648.020 mobilizado por todos os postulantes ao principal assento do Palácio das Cataratas, a sede da Prefeitura de Foz do Iguaçu.

Valores movimentados pelos candidatos a prefeito de Foz (*)

* Fonte: Portal de candidaturas e contas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), acessado em https://divulgacandcontas.tse.jus.br/divulga/#/municipios/2020/2030402020/75639/candidatos, no dia 6/11/2020.

Receitas e despesas

Cassio Lobato

Da coligação “Endireita Foz”, Cassio Lobato (Patriota) registrou R$ 10.070 em recursos próprios para gastos na campanha eleitoral. São R$ 3.070 do postulante à prefeitura e R$ 7 mil de seu candidato a vice-prefeito, Ricardo Albuquerque (PV).

As despesas contratadas pela chapa totalizam R$ 29.521,35, dos quais R$ 9.021,35 foram pagos.

Chico Brasileiro 

O candidato à reeleição Chico Brasileiro (PSD), da coligação “O Trabalho Continua”, recebeu R$ 396.100 em doações de pessoas físicas – o que inclui repasses pessoais de secretários e diretores da administração –, e R$ 5,5 mil do fundo partidário, do total de R$ 401.600 contabilizados à Justiça Eleitoral.

As despesas acumuladas na campanha somam R$ 191.965,44. Já o montante de valores pagos é de R$ 89.440,08.

Luiz

Prefeiturável do PT, Luiz recebeu R$ 11,9 mil do fundo eleitoral repassado pelas direções municipal e nacional de seu partido. Sua campanha contratou R$ 22.601,95 e efetuou o pagamento de R$ 11.001,95 até o momento.

Nelon Friedrich

Buscando ser prefeito pela coligação “A Foz do Povo”, Nelton Friedrich reuniu R$ 364.450 para a disputa eleitoral, sendo R$ 350 mil do fundo especial, proveniente da direção nacional de seu partido. Recursos próprios são R$ 6 mil, e doações de pessoas físicas chegam a R$ 8.450.

A campanha apresenta R$ 289.722,50 em despesas e R$ 185.562,50 em contratações pagas, além de R$ 28.750 repassados a candidatos da coligação.

Paulo Mac Donald

Paulo Mac Donald informou que, dos R$ 468.500 em valores para a campanha, R$ 290 mil são do fundo eleitoral (R$ 200 mil, de seu partido, o Podemos, e outros R$ 90 mil, da legenda de sua vice, Bibiana Orsi, do Progressistas). O ex-prefeito repassou R$ 155 mil em recursos próprios e obteve R$ 23,5 mil entre doações de pessoas físicas.

A coligação “Quem Ama Cuida” tem R$ 450.318,80 em despesas contratadas, tendo quitado R$ 185.133 desse valor.

Ranieri

O candidato à Prefeitura de Foz do Iguaçu Ranieri (PRTB) reúne R$ 18 mil para a corrida eleitoral. São R$ 15 mil em recursos próprios e R$ 3 mil têm origem em doações de pessoas físicas. Despesas contratadas e pagas totalizam R$ 12.970.

Sidnei Prestes

O partido Republicanos repassou R$ 70 mil, do fundo eleitoral, para a campanha de Sidnei Prestes, postulante ao cargo de prefeito pela coligação “Foz com Novas Ideias”. Foram contratadas despesas de R$ 70.489,40; as pagas representam R$ 49.489,40.

Tatiana Fruet

A candidata a prefeita Tatiana Fruet, da coligação “Renova Foz”, movimentou R$ 303.500 em valores para a campanha. Dessa quantia, R$ 300 mil vêm do fundo eleitoral de seu partido, o PROS, e R$ 3,5 mil são de doações feitas por pessoas físicas.

A candidatura empenhou R$ 111.182,15 em despesas contratadas e efetuou o pagamento de R$ 109.137,58.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.