Abdo Benítez garante recursos para obras complementares da Ponte da Integração

H2FOZ – Cláudio Dalla Benetta

O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, desmentiu que o governo não tenha previsão de recursos para financiar as obras complementares da Ponte da Integração, em Presidente Franco, como haviam denunciado políticos liberais, informa La Clave.

Segundo o presidente, o governo já está enviando ao Congresso o projeto para financiamento da estrutura viária de acesso à ponte, no valor equivalente a US$ 220 milhões (cerca de R$ 39 milhõies).

O projeto “vai impactar não somente (Presidente) Franco como todo (o departamento) de Alto Paraná”, afirmou.

Abdo voltou a afirmar que Alto Paraná é prioridade, e que o avanço de 40% de conclusão das obras da ponte já é uma resposta àqueles que não acreditavam.

A Ponte da Integração, segunda ponte sobre o Rio Paraná entre Brasil e Paraguai, deve atingir cerca de 50% de sua execução até o final deste ano. A conclusão da obra está prevista para 2022.

O financiamento da ponte é de responsabilidade da Itaipu Binacional, margem brasileira, e a gestão das obras é feita pelo governo do Paraná.

No lado brasileiro, a ponte terá uma ligação direta com a  BR-277, evitando o tráfego de veículos pesados pelas principais vias do corredor turístico e pelo centro de Foz do Iguaçu.

Leia matéria anterior:

Ponte da Integração: orçamento paraguaio não prevê recursos a obras complementares

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.