Brasileira é assaltada por falso ambulante na área central de Ciudad del Este

Homem fingiu ser vendedor de meias para subtrair o celular da visitante; agentes da Polícia Turística recuperaram o aparelho.

Apoie! Siga-nos no Google News

Uma brasileira de 25 anos, que foi a Ciudad del Este para fazer compras nessa segunda-feira (20), foi vítima de um assalto na Avenida Luís María Argaña, a poucos metros da aduana paraguaia. A situação foi presenciada por agentes da Polícia Turística, que perseguiram o ladrão e conseguiram recuperar o que foi levado.

Leia também:
Prefeito de Ciudad del Este pede dissolução da Polícia Turística

De acordo com o jornal La Clave, o homem fingiu ser vendedor de meias para aproximar-se da turista e subtrair um aparelho celular da marca Samsung. A mulher gritou para atrair a atenção dos policiais, que alcançaram e renderam o assaltante após breve perseguição pelas quadras próximas.

O celular foi devolvido à proprietária, que registrou queixa do ocorrido. O caso foi encaminhado à promotora Cinthia Leiva, do Ministério Público do Paraguai, que determinou que o autor do roubo fosse encaminhado à Direção de Polícia do Alto Paraná, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Pedido de providências

Em paralelo, empresários reunidos na Câmara de Comércio e Serviços de Ciudad del Este emitiram, nessa segunda-feira, um manifesto endereçado às autoridades paraguaias (entre elas, o presidente Mario Abdo Benítez) pedindo soluções para o problema da falta de segurança nas quadras próximas à Ponte Internacional da Amizade.

“Uma vez mais, apelamos às autoridades esperando merecer a atenção e o cuidado para evitar o que já ocorreu em outras localidades que passaram pela mesma situação e se transformaram em ‘cidades fantasmas’”, diz trecho da nota. “Como única resposta, só conseguimos promessas, respostas evasivas e justificativas.”

No documento, os empresários repudiam o cometimento de crimes como assaltos, sequestros e fraudes, e afirmam esperar uma solução rápida, “para não chegar a uma manifestação ou o fechamento dos negócios”. No entender dos signatários, a boa imagem de Ciudad del Este é fundamental não só para a economia local, mas para o país como um todo.

LEIA TAMBÉM
1 comentário
  1. […] Leia também:Brasileira é assaltada por falso ambulante na área central de Ciudad del Este […]

Comentários estão fechados.