Escritório denuncia venda de copos Stanley falsos na fronteira

Ministério Público do Paraguai apreendeu 2,4 mil unidades do produto em um depósito na área central de Ciudad del Este.

Apoie! Siga-nos no Google News

Representante legal da marca Stanley no Paraguai, o Estúdio Jurídico Salomoni & Associados, de Assunção, apresentou denúncia ao Ministério Público do país sobre a venda de produtos falsificados em Ciudad del Este, em lojas próximas à Ponte Internacional da Amizade.

Leia também:
Empresários da Argentina cobram agilidade para a travessia da fronteira

Com base nas informações repassadas pelo escritório, os promotores da unidade especializada em crimes contra a propriedade intelectual obtiveram mandado de busca para a verificação de uma sala comercial utilizada como depósito em um shopping da Avenida Adrián Jara, próximo à esquina com a Rua Rubio Ñú.

No local, que estava trancado e teve de ser arrombado pela comitiva, foram encontradas 2.410 unidades de copos térmicos da marca Stanley, avaliados em cerca de US$ 80 mil (R$ 400 mil). Com indícios de falsificação, os copos foram apreendidos e levados à sede do Ministério Público em Ciudad del Este.

No mesmo depósito, os fiscais encontraram grande quantidade de medicamentos, também com possibilidade de adulteração e irregularidades como data de vencimento ultrapassada. O locatário da sala, que não foi localizado no momento da vistoria dessa quarta-feira (12), será convocado para prestar esclarecimentos.

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.