Criança de 1 ano morre vítima da chikungunya em Ciudad del Este

Falecimento ocorreu no hospital San José, no fim de semana; outras 18 crianças estão internadas com a doença no lado paraguaio da fronteira.

Apoie! Siga-nos no Google News

Ciudad del Este registrou, neste fim de semana, a primeira morte atribuída à febre chikungunya na história do município. A vítima é um menino de apenas 1 ano de idade, que estava internado no hospital San José. Outras 18 crianças, além de 13 gestantes, estão hospitalizadas com a doença no lado paraguaio da fronteira.

Leia também:
Puerto Iguazú confirma primeiros casos de chikungunya

De acordo com o jornal La Nación, a morte da criança foi notificada à 10.ª Região Sanitária na manhã de sábado (11), tendo como causa as complicações provocadas pela chikungunya. Arturo Portillo, diretor do órgão sanitário, relatou que já foram confirmados mais de 700 casos no Alto Paraná, de um total de quatro mil notificações.

Quanto às 18 crianças internadas com a doença, oito estão no Hospital Regional de Ciudad del Este, quatro no Hospital Distrital de Hernandarias, quatro no Hospital Distrital de Minga Guazú e duas no Hospital Distrital de Presidente Franco. Já as 13 gestantes estão em uma ala específica do Hospital Regional de Ciudad del Este.

O Paraguai vive, atualmente, um surto de febre chikungunya, que já provocou 43 mortes em todo o país desde dezembro de 2022. Somente nas últimas três semanas, 11.467 casos foram confirmados da doença, transmitida por meio da picada do mosquito Aedes aegypti.

O epicentro é a região metropolitana de Assunção, embora todos os departamentos (estados) já tenham detectado a circulação do vírus. No caso do Alto Paraná, cuja capital é Ciudad del Este, dados da 10.ª Região Sanitária apontam que 98% dos diagnósticos positivos são de chikungunya, com os restantes 2% correspondendo à dengue.

LEIA TAMBÉM
3 Comentários
  1. […] Leia também:Criança de 1 ano morre vítima da chikungunya em Ciudad del Este […]

  2. […] Leia também:Criança de 1 ano morre vítima da chikungunya em Ciudad del Este […]

  3. […] No Paraguai e na Argentina, por sua vez, a preocupação central é em relação a outra doença transmitida por meio da picada do mosquito Aedes aegypti: a febre chikungunya, que já provocou a morte de uma criança de apenas 1 ano em Ciudad del Este, conforme noticiado pelo H2FOZ no último dia 13. […]

Comentários estão fechados.