Exército inicia Operação Ágata na fronteira. Ações acontecem em rodovias, Lago de Itaipu e rios da região

H2FOZ – Paulo Bogler 

As Forças Armadas do Brasil, em ação conjunta com órgãos de segurança pública e de fiscalização, iniciaram nessa sexta-feira, 11, a Operação Ágata na extensão da fronteira. A coordenação da força-tarefa é da 5ª Divisão de Exército, e a operacionalização é feita pela 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada.

De acordo com a assessoria do Exército, estão sendo intensificadas ações de patrulhamento e controle em rodovias e rios na faixa de fronteira no Oeste do Paraná.

O principal objetivo é “coibir os ilícitos transfronteiriços”, a exemplo de descaminho, contrabando e tráfico de drogas e de armas. As ações preventivas e repressivas reúnem cerca de 600 pessoas.

As atividades das forças de segurança e fiscalização incluem:

– postos de bloqueio e controle em estradas urbanas e rurais;

– intervenções no Lago de Itaipu e em vias fluviais;

– revista em pessoas, veículos e embarcações;

– fiscalização da restrição de trânsito de veículos e de pessoas nas fronteiras; e 

– monitoramento e observância das medidas de restrição sanitária impostas em razão da pandemia de covid-19.

Segundo informações do Exército, a área de fronteira do Paraná abrange cerca de 67 mil quilômetros, o que representa dimensão maior do que a superfície do estado da Paraíba. São 139 municípios e população de aproximadamente 2,38 milhões de moradores. 

A Operação Ágata integra o Programa de Proteção Integrada de Fronteiras, instituído por decreto presidencial.

(Com informações da assessoria da 5ª Divisão de Exército)

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.