Força Nacional inicia fiscalização na fronteira neste sábado

Ponte da Amizade, na fronteira do Brasil com o Paraguai - Foto: Marcos Labanca

São 80 policiais que atuarão na região vizinha ao Paraguai e à Argentina, tendo Foz do Iguaçu como base.

Integrantes da Força Nacional já estão no Paraná e iniciarão o reforço da fiscalização nas regiões de fronteira com o Paraguai e a Argentina neste sábado, 4, informou o Governo do Estado. São 80 agentes policiais, e a operação ficará concentrada nas cidades de Foz do Iguaçu, Guaíra, Icaraíma e Alto Paraíso, na Região Oeste.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Leia também: Ponte da Amizade receberá reforço de segurança

O reforço das ações na fronteira havia sido anunciado pelo secretário estadual de Segurança Pública, Rômulo Marinho, na semana passada, enfocando a região da Ponte Internacional da Amizade. Na segunda-feira, 29, foi publicada a portaria que autoriza o emprego da Força Nacional de Segurança Pública.

As atividades deverão prosseguir por 90 dias, até março do ano que vem, contemplando os “serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio”. O efetivo da Força Nacional foi recebido no Palácio Iguaçu e deve seguir para Foz do Iguaçu, base da operação, nesta sexta-feira, 3.

Integrantes da Força Nacional foram recebidos no Palácio Iguaçu, sede do governo estadual – Foto: Ari Dias/AEN

A gestão estadual afirma que haverá integração e ações de inteligência, a fim de ampliar a vigilância no combate ao crime organizado e ilícitos de natureza transfronteiriça. O objetivo é a “repreensão ao tráfico de drogas e contrabando de mercadorias”, informou a Agência Estadual de Notícias (AEN).

Os homens da Força Nacional atuarão na fiscalização, pontos de bloqueios, patrulhamentos e abordagens com o intuito de localizar criminosos, contrabandistas, armas, drogas e outros ilícitos. Segundo o secretário Rômulo Marinho, o pedido para o emprego da força se baseia nos índices de aumento da criminalidade nesta época do ano, de férias e festejos de fim de ano.

A Força Nacional atua desde 2004 em conjunto com as corporações estaduais, graças a um programa de cooperação. O efetivo da organização é composto por policiais militares e civis, bombeiros militares e profissionais de perícia, que integram as instituições estaduais de segurança pública, não fazendo parte das Forças Armadas.

(Com informações da Agência Estadual de Notícias)

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.