Paraguai lidera ranking de energia verde na América

País obtém 99% da eletricidade que consome de fontes com baixa emissão de carbono; Brasil e Argentina também aparecem na lista.

Apoie! Siga-nos no Google News

O Paraguai é o líder em produção de energia com baixa emissão de carbono na América, conforme levantamento publicado pelo portal Bloomberg Línea, com base no relatório Review Of World Energy 2022, elaborado pela empresa BP. Segundo o documento, 99% da eletricidade consumida no país vem de fontes renováveis.

Leia também:
Unioeste/Foz começa a instalar usina solar para gerar 100% da energia do campus

A segunda posição do ranking é ocupada pela Costa Rica, com 98% de matriz considerada limpa, seguida por Brasil (89%), Canadá (86%) e Uruguai (84%). A parte baixa da tabela, por sua vez, é composta por México (26%), Argentina (36%), Bolívia (39%), Estados Unidos (40%) e Honduras (52%).

No caso do Paraguai, o bom desempenho ocorre devido à existência de três usinas hidrelétricas (Itaipu, Yacyretá e Acaray), responsáveis por quase a totalidade do consumo no país. Costa Rica e Brasil têm quadros similares, com apostas na energia hídrica, solar, eólica e de biomassa.

Já os países com desempenho ruim utilizam fontes poluentes, como gás e carvão, para movimentar os geradores responsáveis pela produção da eletricidade. Em todas as nações, porém, existem projetos para descarbonizar a economia, diminuindo as emissões e contribuindo para a melhoria dos indicadores.

O relatório anual Review Of World Energy é considerado por investidores internacionais uma das principais fontes de informação em relação às fontes de energia de cada país. A edição de 2022 aponta o momento atual como um dos mais desafiadores das últimas cinco décadas no tocante ao combate às mudanças climáticas.

Gráfico da Bloomberg Línea, com os dados do relatório
Gráfico da Bloomberg Línea, com os dados do relatório
LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.