Polícia paraguaia apreende 2,8 toneladas de maconha com selo “made in Paraguay”

Prontinha para exportação, só que ainda não existe nenhum projeto em tramitação no Congresso paraguaio.(Foto: Senad/Crónica)

H2FOZ – Cláudio Dalla Benetta

Agentes antinarcóticos encontraram uma grande plantação de maconha na colônia Santa Librada, departamento de Canindeiyú, a cerca de 300 km de Ciudad del Este, informa o jornal Crónica.

Além das plantações, havia seis acampamentos precários montados na região. Neles, a polícia encontrou 2,8 toneladas de maconha prensava e pronta para o consumo, inclusive uma dita “medicinal”.

Mas o que chamou a atenção dos agentes foi que a droga estava embalada em pacotes com as cores nacionais do Paraguai. No selo central, o escudo do país, com uma estrela de cinco pontas disposta no interior de uma grinalda verde, encimada pelas palavras “Republica del Paraguay”.

Depois de levantar todas as informações, os agentes antinarcoticos queimaram tudo.

Em meados deste mês, o secretário nacional Antidrogas do Paraguai, Arnaldo Giuzzio, havia informado que a Senad estuda a possibilidade de pedir ao Congresso a regulamentação da produção de maconha para vender no mercado internacional, em países onde o uso recreativo da droga é permitido.

Os traficantes, aparentemente, gostaram da ideia e já se tornaram patriotas fervorosos. Confira a matéria sobre a entrevista de Giuzzio

Paraguai faz planos de exportar maconha para uso recreativo

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ tem 1047 posts e contando. Ver todos os posts de Claudio Dalla Benetta - H2FOZ