Trabalhadores do turismo farão protesto em 16 cidades argentinas nesta segunda

H2FOZ – Denise Paro

Nesta segunda-feira, 21, trabalhadores do turismo da Argentina voltarão a protestar para reivindicar ao governo a reativação do setor. Manifestações serão realizadas simultaneamente em 16 cidades do país, às 11h local. Em Puerto Iguazú, fronteira com Foz do Iguaçu, uma marcha sairá da Praça Santa Martin em direção ao Marco das 3 Fronteiras. 

Os manifestantes são taxistas, guias de turismo, trabalhadores de hotéis e restaurantes, e agentes de viagem – duramente atingidos pela interrupção de atividades turísticas. Eles pedem a reabertura de rodovias nacionais e a retomada dos voos. 

Em Puerto Iguazú, o aeroporto internacional está fechado há seis meses, desde 24 de março. O governo sinalizou que deve retomar os voos a partir de 1º de outubro, conforme o quadro da pandemia. 

Algumas rodovias do país também estão bloqueadas. Para entrar na província de Misiones, onde fica Puerto Iguazú, é preciso ser morador e apresentar teste negativo de covid-19, feito nas últimas 48 horas, além de ficar 14 dias em quarentena. Em toda a província foram registrados 17 casos da doença neste mês. 

Será o terceiro protesto realizado pelo setor nos últimos meses. Em agosto, em uma das manifestações, os argentinos pediram a reabertura da Ponte Tancredo Neves, que liga a cidade a Foz do Iguaçu. 

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.