Troca de tiros com a PRF: 109 pessoas são presas na Operação Forte Impacto

Operação teve início para a captura de assaltantes que enfrentaram a tiros a PRF - Foto: Divulgação

Caça a acusados de assaltar van na BR-277 e confrontar policiais também resultou em mais de R$ 11 milhões de prejuízo ao crime na fronteira.

Em balanço da Operação Forte Impacto, divulgado nesta segunda-feira, 11, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) afirmou que foram localizados todos os envolvidos na troca de tiros com os policiais, na BR-277, no dia 25 de março. A investida também resultou em um “imenso prejuízo às organizações criminosas” na fronteira.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Entenda o caso: PRF troca tiros com assaltantes na BR-277; um policial foi atingido

Foram 14 dias de ações nas cidades fronteiriças, resultando em 109 pessoas presas. A força policial estima que impôs ao crime um prejuízo de R$ 11,5 milhões, somente em apreensões de drogas, armas, veículos e cigarros. Também foram retirados de circulação eletrônicos e outros produtos de contrabando e descaminho.

Com a Operação Forte Impacto, a PRF destaca a apreensão de 2,3 toneladas de maconha, 1,1 milhão de maços de cigarros contrabandeados e 12 armas. O balanço também inclui a recuperação de 22 veículos furtados ou roubados e o registro de 88 ocorrências de contrabando ou descaminho.

As intervenções dos policiais rodoviários federais, com apoio de outras forças de segurança, foram na Região Oeste, na área fronteiriça com Argentina e Paraguai, de 26 de março a 9 de abril. “As ações continuam na região com enfoque na recuperação de produtos de roubo ou furto, apreensão de drogas, armas e outros ilícitos”, expõe a PRF.

A operação foi desencadeada depois que assaltantes trocaram tiros com PRFs na BR-277, em Matelândia (PR), em que um PRF foi ferido sem gravidade. Em carro descaracterizado, policiais presenciaram assalto a uma van, que os suspeitos acreditavam transportar explosivos, mas carregava material hospitalar. Os agentes federais foram recebidos a tiros.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.