Condomínio de idosos em Foz do Iguaçu: cadastro vai até 1º de novembro

Termina em 1º de novembro o prazo de inscrição para os idosos interessados em adquirir uma das 40 casas do programa Viver Mais Paraná que estão em construção em Foz do Iguaçu. Podem participar do processo de seleção os moradores da cidade com 60 anos ou mais, com renda de um a seis salários mínimos, sozinhos ou em casal, a partir da inscrição online disponível no site da Cohapar.

Quem tiver dúvidas ou dificuldades no preenchimento das informações no sistema da companhia pode ligar para o telefone (45) 3333-1100, que também funciona como Whatsapp. O atendimento é prestado de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

De acordo com a chefe do escritório regional da Cohapar em Cascavel, Lucilei Marchiori, os cadastros têm validade de dois anos. Portanto, serão considerados automaticamente aptos aqueles feitos a partir de 1.º novembro de 2018. “É importante estar atento também às atualizações de dados durante este período, como renda familiar, estado civil, telefone e endereço, caso tenham ocorrido”, explica Lucilei.

INFRAESTRUTURA COMPLETA – As 40 moradias do Loteamento Lagoa Azul estão com mais de 70% das obras concluídas e a entrega deve acontecer no primeiro semestre de 2021. As casas têm 42 metros quadrados e possuem adaptações, como rampas de acesso, portas maiores e banheiros com barras de segurança.

As unidades contam com sala, cozinha, um quarto e um banheiro, além de lavanderia externa. Os moradores vão dispor de um condomínio horizontal fechado com ambulatório básico, segurança, salão de festas, horta comunitária e quiosques de jogos. Nele, os idosos receberão também visitas periódicas de médicos, enfermeiros e assistentes sociais do município, em parceria com a Prefeitura de Foz do Iguaçu.

PASSO A PASSO – Ao acessar a página de cadastro, disponível no endereço http://cohapar.pr.gov.br/cadastro, é necessário ler as condições legais do serviço, assinalar o campo “declaro que li e estou de acordo com os termos acima” e clicar em “Novo Cadastro”, para aqueles que não possuem inscrição ativa, ou em “Localizar Cadastro”, para aqueles que desejam atualizar os dados.

Depois, basta preencher corretamente os dados socioeconômicos solicitados e, caso o pretendente seja selecionado pela Cohapar, deverá apresentar a documentação que comprove as condições informadas quando solicitado pelos técnicos da companhia.

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO – A prioridade de atendimento será para pessoas residentes em áreas de risco, com deficiência, beneficiários de programas sociais como o Bolsa Família e Benefício de Prestação Continuada (BPC), entre outros critérios estabelecidos pelo Governo do Estado.

Os idosos selecionados arcarão com um valor mensal de apenas 15% de salário-mínimo, que atualmente equivale a R$ 156,75. A ocupação é por tempo indeterminado e, após a sua desocupação, as unidades serão direcionadas para outras pessoas cadastradas na lista de espera, conforme prioridade de atendimento.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.